Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da suscetibilidade a PIO em sistemas de controle automático de aeronaves

Processo: 16/16808-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2017 - 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial - Dinâmica de Vôo
Pesquisador responsável:Jorge Henrique Bidinotto
Beneficiário:Jorge Henrique Bidinotto
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Pesq. associados:Eduardo Morgado Belo
Assunto(s):Oscilação induzida pelo piloto  Controle de aeronaves  Controle automático  Fly-by-wire 

Resumo

O aumento da tecnologia aplicada em sistemas de controle tem possibilitado à aviação adotar cada vez mais o uso de sistemas automáticos de controle, o que pode significar um salto em desenvolvimento, segurança e conforto nas aeronaves. Porém, isso não livra a aviação de velhos problemas como o PIO (Pilot Induced Oscillation) já objeto de pesquisa há algumas décadas, mas com estudos sempre aplicados a aeronaves com controle convencional. O presente projeto propõe o estudo desse fenômeno visando melhorias para o desenvolvimento de aeronaves com controle Fly-by-Wire, medindo-se a suscetibilidade de aeronaves a este fenômeno, baseado no valor de suas derivadas de controle, que são fatores fundamentais para o projeto de sistemas desse tipo, dessa forma evitando o surgimento do fenômeno nessas aeronaves. Para a realização do projeto, uma plataforma móvel de testes será utilizada, onde diferentes categorias de pilotos serão expostos a tarefas sintéticas de captura de atitude longitudinal utilizando um horizonte artificial simulado. A repetição dessas tarefas com diferentes valores de derivadas de controle mostrará quais valores tornarão o sistema mais sujeito a PIO. Para essa conclusão, serão feitas análises estatísticas dos dados obtidos e cada piloto classificará cada manobra com base na escala de PIO já utilizada na indústria aeronáutica. Adicionalmente, espera-se também a obtenção de uma proposta de análise para os dados de ensaios em voo envolvendo PIO (ainda inexistente em requisitos de certificação) e um estudo de fatores humanos de forma a obter as diferenças em resposta dinâmica de várias categorias diferentes de pilotos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.