Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do resveratrol sobre parâmetros espermáticos, capacidade reprodutiva e qualidade de embriões concebidos por ratos adultos, submetidos à cirurgia para indução de varicocele esquerda, na peripuberdade

Processo: 16/14546-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2017 - 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Sandra Maria Miraglia Valdeolivas
Beneficiário:Sandra Maria Miraglia Valdeolivas
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Camila Cicconi Paccola ; Samara Urban de Oliva ; Vanessa Vendramini Vilela
Assunto(s):Doenças urogenitais masculinas  Infertilidade masculina  Capacitação espermática  Varicocele  Resveratrol  Estresse oxidativo 

Resumo

A infertilidade masculina vem crescendo expressivamente na população. A varicocele é a causa mais comum de infertilidade passível de correção. Seu aparecimento coincide com o início da puberdade e interfere no desenvolvimento testicular. Embora os mecanismos que levam à redução da fertilidade em homens com varicocele sejam incertos, sabe-se que, neste distúrbio, ocorre um aumento na temperatura testicular, conduzindo à hipóxia e culminando com o aumento do estresse oxidativo. Os radicais livres gerados danificam a membrana celular e o DNA do espermatozoide, afetando sua viabilidade, capacitação e reação acrossômica. Antioxidantes podem proteger o corpo humano contra os efeitos causados pelo estresse oxidativo, retardando o progresso de muitas doenças e, por este motivo, eles vêm sendo estudados como uma alternativa terapêutica, ou como tratamento adjuvante, na prevenção e no reparo da infertilidade masculina. O objetivo do presente estudo é investigar o papel do resveratrol (fitoalexina com propriedade antioxidante, encontrada em diversos tipos de plantas) sobre parâmetros reprodutivos e o estresse oxidativo de ratos adultos (linhagem Wistar) apresentando varicocele causada experimentalmente a partir da peripuberdade. A varicocele esquerda será induzida cirurgicamente aos 41 dpp, através da ligadura parcial na veia renal esquerda nos animais dos grupos varicocele (V, n=82) e varicocele tratado com resveratrol (VR, n=82). O grupo controle Sham (S, n=46) será submetido a procedimento cirúrgico similar, porém sem a ligadura parcial da veia renal, e será tratado com carboximetilcelulose (veículo do resveratrol). Os grupos resveratrol (R, n=46) e VR receberão diariamente 300mg/Kg de peso corpóreo de resveratrol (gavagem). Aos 100dpp os animais serão submetidos à eutanásia e os testículos serão coletados para avaliação da produção diária de espermatozoides, do estresse oxidativo e de marcadores de vias apoptóticas (proteínas Bax e Bcl-2, pela técnica de Western Blot). Dosagens plasmáticas e intratesticulares de testosterona serão também avaliadas. Os epidídimos serão coletados para avaliação da concentração de espermatozoides, do tempo de trânsito espermático, do estresse oxidativo (usando técnicas para detecção de hidroperóxidos, malondialdeído e enzimas antioxidantes) e para realização de análises histopatológica, morfométrica, estereológica e da marcação imunoenzimática de apoptose (método TUNEL). A mensuração de hidroperóxidos será também realizada nos testículos; todas as análises serão realizadas nos testículos e epidídimos ipsilaterais e contralaterais à lesão pela varicocele. Os espermatozoides colhidos da cauda dos epidídimos esquerdo e direito serão respectivamente avaliados quanto à estrutura da cromatina (Ensaio da laranja de acridina, em citômetro de fluxo), ao nível de protaminação (método CMA3, em citômetro de fluxo), à integridade do acrossoma e à capacitação (utilizando a clortetraciclina em microscopia de epifluorescência), à função mitocondrial (sonda MitoTracker Green FM em microscopia de epifluorescência), à atividade mitocondrial (Ensaio Cytochrome c Oxidase pelo método ELISA), como também ao nível de peroxidação lípidica (método BODIPY-C11, em citômetro de fluxo). Também será avaliada a capacidade reprodutiva dos animais ao final do tratamento (100dpp) e a qualidade dos embriões por eles concebidos. (AU)