Busca avançada
Ano de início
Entree

XVII ENANPUR (Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional)

Processo: 16/22110-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 22 de maio de 2017 - 26 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional - Fundamentos do Planejamento Urbano e Regional
Pesquisador responsável:Eduardo Alberto Cusce Nobre
Beneficiário:Eduardo Alberto Cusce Nobre
Instituição-sede: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR). Belém , SP, Brasil
Assunto(s):Geografia humana  Planejamento territorial urbano 

Resumo

A primeira década do Século XXI representou um período de retomada do crescimento econômico para o Brasil e para a América Latina após duas décadas de estagnação, com a a retomada de políticas públicas por parte dos governos, com o fomento a políticas de desenvolvimento, a criação de políticas de transferência de renda e a retomada de investimentos em infraestrutura e habitação. A retomada de investimentos públicos permitiu avanços na redução da pobreza e da desigualdade em vários países da região. A crise econômica mundial da segunda década do Século XXI contaminou esse ciclo de desenvolvimento, com a volta da recessão econômica e a necessidade de adaptação a essa nova realidade, ocasionando a revisão de políticas e programas e a diminuição dos investimentos públicos, colocando em xeque os avanços obtidos pelo Brasil e a quase totalidade dos países latino-americanos. As crises políticas passaram a ameaçar os avanços na região, ocasionando o risco de regressão das políticas de inclusão social e pondo limite ao desenvolvimento. O XVII Encontro Nacional da ANPUR, com o tema "Desenvolvimento, Crise e Resistência: quais os caminhos do planejamento urbano e regional?", propõe-se como importante fórum de debate científico-acadêmico na área dos estudos urbanos e regionais de forma a aprofundar a discussão acerca das questões relacionadas ao atual momento político, econômico e social do Brasil. O evento se baseia em conferência de abertura, nove mesas redondas com palestrantes convidados pela manhã e onze sessões temáticas por dia durante quatro dias, com trabalhados selecionados por comissão científica para discussão sobre o tema. Além disso, haverá premiação das melhores dissertações, teses, livros e artigos pertinentes à área escolhidos por comissão julgadora e sessões especiais de entidades afins, tais como BNDES, IPEA, CEF, Ministério das Cidades, etc. (AU)