Busca avançada
Ano de início
Entree

Saúde indígena: aspectos culturais da experiência dolorosa em indígenas do Amazonas

Processo: 16/23183-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2017 - 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Pesquisador responsável:Eliseth Ribeiro Leão de Andrade Silva
Beneficiário:Eliseth Ribeiro Leão de Andrade Silva
Instituição-sede: Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein (IIEPAE). Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (SBIBAE). São Paulo, SP, Brasil
Pesq. associados: Fernanda Amendola
Assunto(s):Enfermagem transcultural  População indígena  Medicina tradicional  Saúde de populações indígenas  Indígenas  Dor 

Resumo

A experiência dolorosa é bastante complexa e sofre influência do contexto sociocultural de cada indivíduo. Até o momento, desconhecemos como essa experiência se expressa na cultura indígena em nosso país. Temos observado ainda, que os profissionais de saúde tendem a negligenciar totalmente a medicina tradicional. Objetivos: Conhecer as principais queixas álgicas de indígenas da região em estudo e as terapias utilizadas para o manejo e controle da dor; verificar como os profissionais de saúde atuam no manejo e controle da dor dos indígenas nos serviços da região; e desenvolver uma cartilha com informações e recomendações para o manejo da dor, fundamentada na biomedicina e nas práticas culturais da medicina tradicional, para ser utilizada pelas equipes dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs). Metodologia: Trata-se de estudo observacional, descritivo-exploratório com abordagem etnográfica. A amostra por conveniência será formada por participantes de duas populações-alvo: indígenas - de etnias do Alto Rio Negro e do Vale do Javari - e profissionais de saúde dos DSEIs dessas regiões. Para conhecimento da dor e tratamentos disponibilizados, será realizada uma entrevista com os indígenas e um questionário para os profissionais de saúde. A análise qualitativa dos dados será realizada sob a ótica da Teoria da Diversidade e da Universalidade do Cuidado Cultural de Madeleine Leininger. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Indígenas da Amazônia têm dores frequentes, mas não reclamam 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.