Busca avançada
Ano de início
Entree

Mudanças climáticas e impactos ambientais em áreas alagadas (wetlands) do Pantanal (Brasil): quantificação, fatores de controle e previsão em longo prazo

Processo: 16/14227-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais - Temático
Vigência: 01 de fevereiro de 2017 - 31 de janeiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Pesquisador responsável:Adolpho José Melfi
Beneficiário:Adolpho José Melfi
Instituição-sede: Instituto de Energia e Ambiente (IEE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisadores principais:Anne Helene Fostier ; Célia Regina Montes ; Débora Marcondes Bastos Pereira ; Janaina Braga Do Carmo ; Marli de Fátima Fiore
Pesq. associados:Amauri Antonio Menegário ; Ary Tavares Rezende Filho ; Débora Ayumi Ishida ; Gilles Berger ; Hugo Miguel Preto de Morais Sarmento ; Jean Louis Stéphane Mounier ; José Marcato Junior ; Judith Schellekens ; Laurent Barbiero ; Lucy Gomes Sant'Anna ; Marcos Siqueira Neto ; Naomi Mazzilli ; Odete Rocha ; Osvaldo José Ribeiro Pereira ; Patricia Merdy ; Plínio Barbosa de Camargo ; Vincent Valles ; Wilson Tadeu Lopes da Silva ; Yves Marie Pierre Henri Lucas
Auxílios(s) vinculado(s):17/23301-7 - Sistemas alcalinos (águas superficiais, solos) no Pantanal da Nhecolândia (MS): funcionamento hidro-bio-geoquímico, AV.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):18/24049-2 - Biogeografia de comunidades microbianas em lagoas salino-alcalinas do Pantanal Brasileiro, BP.PD
18/10290-0 - Caracterização e quantificação das emissões de gases de efeito estufa pelos diferentes tipos de lagoas da Nhecolândia, Pantanal, BP.DD
18/07962-6 - Especiação química do arsênio em amostras de sedimentos, BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 18/02631-1 - Especiação química do arsênio em amostras de fitoplâncton, BP.IC
17/26660-8 - Fluorescência 3-dimensional da matéria orgânica sólida (MOS) obtida em amostras brutas de solos: desafio metodológico, BP.PD
17/26318-8 - Mapeamento das lagoas salinas e cristalinas do Pantanal de Nhecolândia por meio de sensoriamento remoto ótico e interferométrico, BP.PD
17/27093-0 - Tratamento de dados das missões GPM e GLDAS para a modelagem hidrodinâmica do Pantanal de Nhecolândia, BP.IC
17/20305-1 - Caracterização mineralógica por técnicas espectroscópicas e microscopia eletrônica de varredura de solos no entorno das lagoas da Nhecolândia, BP.IC
17/16868-0 - Caracterização mineralógica dos solos no entorno das lagoas da Nhecolândia, BP.TT
17/12644-0 - Comunidades microbianas e genes funcionais envolvidos na ciclagem de nutrientes em lagoas do Pantanal da Nhecolândia (MS), BP.DD - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Geoquímica ambiental  Impactos ambientais  Gases do efeito estufa  Pantanal  Lagoas  Arsênio  Mudança climática  Inundações  Brasil 

Resumo

As áreas alagadas (wetlands) têm papel fundamental no controle de fatores que podem influenciar ou serem influenciados por mudanças climáticas e ambientais O projeto apresentado será desenvolvido na Nhecolândia (MS), região caracterizada por um sistema de lagoas cujas águas variam de doce a hipersalina. Trata-se de uma pesquisa multi e interdisciplinar cujo desafio científico é elucidar o funcionamento geoquímico e biogeoquímico dessa região, transferir os conhecimentos adquiridos para a elaboração de balanços regionais dos fluxos de gases de efeito estufa (GEE), e compreender os processos de disponibilização do arsênio (As) para as águas, considerando a influência de fatores ambientais, em particular, das mudanças climáticas. O projeto está estruturado em quatro ações cujos objetivos específicos são : (i) identificar os processos que controlam os funcionamentos biogeoquímicos das lagoas e avaliar suas consequências nos ciclos do C e do N, nas emissões de GEE e na distribuição e especiação do As na paisagem ; (ii) verificar a evolução dos solos ao redor das lagoas, para compreender o funcionamento do sistema solo-água; (iii) desenvolver um modelo numérico do funcionamento hidrológico e hidroquímico das lagoas, para predizer a evolução do sistema face aos estresses ambientais ; (iv) verificar o potencial de utilização dos dados de sensoriamento remoto para identificar feições espectrais e topográficas que permitam associar as variáveis que poderiam estar relacionadas as emissões de GEE e sua extrapolação para a escala regional. Os resultados obtidos poderão fornecer subsídios científicos para elaboração de políticas públicas para o gerenciamento sustentável do Pantanal. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pós-doutorado em microbiologia e bioinformática com Bolsa da FAPESP 
Pós-doutorado em sensoriamento remoto com Bolsa da FAPESP  
Pós-doutorado em Geociências no Cena-USP com Bolsa da FAPESP  

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BARBIERO, LAURENT; NETO, MARCOS SIQUEIRA; BRAZ, ROSANGELA RODRIGUES; DO CARMO, JANAINA BRAGA; REZENDE FILHO, ARY TAVARES; MAZZI, EDMAR; FERNANDES, FERNANDO ANTONIO; DAMATTO, SANDRA REGINA; DE CAMARGO, PLINIO BARBOSA. Biogeochemical diversity, O-2-supersaturation and hot moments of GHG emissions from shallow alkaline lakes in the Pantanal of Nhecolandia, Brazil. Science of The Total Environment, v. 619, p. 1420-1430, APR 1 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.