Busca avançada
Ano de início
Entree

Nível de atividade física, perfil PSICOSOCIAL e comportamento na modulação e percepção da dor orofacial: um estudo comparativo

Processo: 16/25069-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2017 - 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Paulo César Rodrigues Conti
Beneficiário:Paulo César Rodrigues Conti
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Atividade física  Disfunção temporomandibular  Dor crônica 

Resumo

O exercício físico pode produzir efeitos hipoalgésicos, propriedade conhecida como hipoalgesia induzida por exercício físico. Este conceito tem sido usado como auxiliar para o tratamento dos pacientes com dores crônicas, inclusive nas dores orofaciais recorrentes. O objetivo principal desse estudo será avaliar a influência do nível de atividade física, mensurado por meio do Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ, sigla em inglês) modificado, sobre a percepção e modulação da dor orofacial. Noventa participantes saudáveis com idade entre 18 e 50 anos serão classificados de acordo com a intensidade e frequência de atividade física, baseado no IPAQ e serão divididos em muito ativos (15 homens e 15 mulheres) moderamente ativos (15 homens e 15 mulheres) e insuficientemente e/ou sedentários (15 homens e 15 mulheres). 30 pacientes com Disfunção Temporomandibular crônica farão parte do grupo experimental. As características somatossensoriais relacionadas à percepção da dor e modulação da dor serão avaliadas pelos testes limiar de dor mecânica (MPT, sigla em inglês), teste de somação temporal (WUR, sigla em inglês), limiar de dor à pressão (PPT, sigla em inglês) e teste de condicionamento da modulação da dor (CPM, sigla em inglês), respectivamente. As características psicossociais qualificadas pelos questionários Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE), Escala de Pensamentos Catastróficos, Índice de Qualidade de Sono de Pittsburg, Questionário genérico de avaliação de qualidade de vida SF-36 e Questionário "Estilo de Vida Fantástico" também será avaliadas. Os dados encontrados serão submetidos à análise estatística por meio da análise de variância (ANOVA) multifatorial e regressão linear múltipla. Um nível de significância de 5% será adotado. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.