Busca avançada
Ano de início
Entree

Valor nutritivo, produção de leite e emissões de gases de efeito estufa em capim-elefante cv. Cameroon submetido a estratégias de pastejo rotativo por vacas leiteiras

Processo: 16/22040-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2017 - 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Pastagens e Forragicultura
Pesquisador responsável:Sila Carneiro da Silva
Beneficiário:Sila Carneiro da Silva
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Pesq. associados:Alexandre Berndt ; Camila Delveaux Araujo Batalha ; Flávio Augusto Portela Santos ; Guilhermo Francklin de Souza Congio ; Marilia Barbosa Chiavegato ; Patrícia Perondi Anchão Oliveira ; Rosa Toyoko Shiraishi Frighetto
Assunto(s):Produção de leite 

Resumo

O uso de pastagens tropicais tem sido enfatizado mundialmente como o diferencial da pecuária brasileira. Contudo, a baixa eficiência na utilização desse importante recurso natural classifica o Brasil como importante produtor de gases causadores do efeito estufa. A produção de forragem de alto valor nutritivo, pelo aumento da concentração de carboidratos solúveis ou da digestibilidade das gramíneas, é considerada alternativa para mitigação das emissões de metano (CH4) entérico. De maneira a identificar sistemas de produção que contribuam tanto para mitigação do efeito estufa, quanto para aumento da produtividade, o manejo de pastagens foi identificado como a opção mais adequada. O objetivo geral do trabalho é avaliar a influência de estratégias de manejo do capim-elefante cv. Cameroon sobre a produtividade e o desempenho animal e sobre as emissões de CH4 entérico e óxido nitroso (N2O) pelo solo em um sistema intensivo de produção de leite. O experimento 1 avaliará o efeito de duas estratégias de manejo (entrada nos pastos utilizando a meta de 95% e de máxima interceptação luminosa durante a rebrotação) sobre a produção e composição do leite, emissão de CH4 e N2O e desempenho animal; e o experimento 2 avaliará o efeito do horário da troca dos animais de piquete (manhã e tarde) sobre a produção e composição do leite, emissão de CH4 e N2O e desempenho animal, para a estratégia de manejo mais eficiente encontrada no experimento 1. O resultado mais importante deste estudo será a identificação de estratégias adequadas de manejo do pastejo (95% ou máxima interceptação luminosa) e de refinamentos (horário da troca de piquetes; manhã ou tarde) que poderão ser consideradas práticas de mitigação das emissões de GEE. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CONGIO, GUILHERMO F. S.; CHIAVEGATO, MARILIA B.; BATALHA, CAMILA D. A.; OLIVEIRA, PATRICIA P. A.; MAXWELL, THOMAS M. R.; GREGORINI, PABLO; DA SILVA, SILA C. Strategic grazing management and nitrous oxide fluxes from pasture soils in tropical dairy systems. Science of The Total Environment, v. 676, p. 493-500, AUG 1 2019. Citações Web of Science: 0.
CONGIO, GUILHERMO F. S.; BATALHA, CAMILA D. A.; CHIAVEGATO, MARILIA B.; BERNDT, ALEXANDRE; OLIVEIRA, PATRICIA P. A.; FRIGHETTO, ROSA T. S.; MAXWELL, THOMAS M. R.; GREGORINI, PABLO; DA SILVA, SILA C. Strategic grazing management towards sustainable intensification at tropical pasture-based dairy systems. Science of The Total Environment, v. 636, p. 872-880, SEP 15 2018. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.