Busca avançada
Ano de início
Entree

E. coli, Klebsiella pneumoniae e Enterococcus spp: impacto dos fatores de virulência na mastite bovina e reflexos na saúde pública

Processo: 15/19688-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de abril de 2017 - 31 de março de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Helio Langoni
Beneficiário:Helio Langoni
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Marcio Garcia Ribeiro ; Vera Lúcia Mores Rall
Pesq. associados:Domingos da Silva Leite ; José Carlos de Figueiredo Pantoja ; Rodrigo Tavanelli Hernandes ; Simone Baldini Lucheis
Bolsa(s) vinculada(s):19/01862-2 - Epidemiologia da mastite no pós-parto imediato e seu impacto na lactação de vacas leiteiras, BP.IC
18/09086-9 - Diferenciação de espécies de Mycoplasma spp. isoladas de amaostras de casos de mastite clínica e de tanques de expansão, BP.MS
18/22101-7 - E. coli, Klebsiella pneumoniae e Enterococcus spp: impacto dos fatores de virulência na mastite bovina e reflexos na saúde pública, BP.TT
+ mais bolsas vinculadas 18/17354-3 - Multirresistência aos antimicrobianos e detecção de genes associados a produção de carbapenemases em Klebsiella pneumoniae isoladas de mastite bovina com diferentes níveis de gravidade clínica, BP.IC
17/14612-9 - E. coli, Klebsiella pneumoniae e Enterococcus spp: impacto dos fatores de virulência na mastite bovina e reflexos na saúde pública, BP.TT
17/08823-7 - Identificação de Enterococcus spp. por proteômica e pesquisa de genes de resistência à vancomicina nos isolados de vacas com Mastite e no leite de tanques de expansão, BP.PD
17/08102-8 - Caracterização, perfil molecular e fatores de virulência e multirresistência aos antimicrobianos em linhagens de Escherichia coli isoladas de Mastite bovina com diferentes níveis de gravidade clínica, BP.DD
17/07246-6 - Caracterização molecular, perfil de sensibilidade e produção de biofilme de Escherichia coli isoladas de tanques de expansão de leite bovino, BP.DD - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Saúde pública  Mastite bovina  Fatores de virulência  Escherichia coli  Klebsiella pneumoniae  Enterococcus  Indústria de laticínios  Qualidade do leite  Laticínios 

Resumo

A mastite é uma enfermidade multifatorial, causada por cerca de 140 micro-organismos, muitos dos quais de origem contagiosa ou ambiental, com graus variáveis de infecciosidade. Além dos prejuízos econômicos que acarreta, tanto para os produtores como para a indústria de laticínios pelo menor rendimento industrial e menor período de prateleira dos derivados lácteos, é notório o impacto desses agentes no contexto de saúde pública, pois muitos dos patógenos envolvidos na sua etiologia são agentes de zoonoses, produtores de toxinas, enterotoxinas e outros fatores de virulência, causadores de graves surtos de infecções e toxinfecções alimentares. Programas de controle são imprenscindíveis para diminuir a ocorrência da mastite incluindo de origem ambiental, objetivando-se a melhor qualidade do leite oferecido para o consumo, além de incrementar a produção. Há muito a se estudar na busca de informações sobre a caracterização genotípica e fenotípica dos patógenos envolvidos na infecção intramamária, bem como dos fatores de virulência, pesquisa dos seus genes desencadeantes, perfil de citocinas como marcadores de virulência e multirresistência aos antimicrobianos desses patógenos. O presente estudo visa investigar casos de mastite causados por Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae e Enterococcus spp., isoladas de casos clínicos e de amostras de leite de tanques de expansão de dez propriedades de alta produção do interior do Estado de São Paulo e Minas Gerais, obtidas trimestralmente durante o período de 18 meses. Espera-se aprofundar o conhecimento nos casos de mastites ambientais causadas por esses patógenos, principalmente quanto aos aspectos de virulência, multirresistência aos antimicrobianos e imunopatologia, possibilitando estratégias para profilaxia, controle e reflexos para a saúde pública. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pós-Doutorado em Medicina Veterinária com Bolsa da FAPESP