Busca avançada
Ano de início
Entree

Niamh Forde | University of Leeds - Inglaterra

Processo: 16/50433-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 04 de agosto de 2017 - 20 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Convênio/Acordo: Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil
Pesquisador responsável:Juliano Coelho da Silveira
Beneficiário:Juliano Coelho da Silveira
Pesquisador visitante: Niamh Forde
Inst. do pesquisador visitante: University of Leeds, Inglaterra
Pesq. responsável no exterior: Niamh Forde
Instituição no exterior: University of Leeds, Inglaterra
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga, SP, Brasil
Assunto(s):Clonagem  MicroRNAs  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

A maioria das perdas reprodutivas ocorre nas primeiras 2-3 semanas de gravidez. Estabelecer o início da gravidez de maneira bem-sucedida exige a comunicação entre os gametas e o ambiente materno, bem como a comunicação bidirecional bem-sucedida entre o concepto em desenvolvimento (embrião com membranas extraembrionárias adequadas) e do ambiente uterino. Recentemente, vesículas extracelulares (VEs) emergiram como uma nova forma de comunicação célula- a-célula dentro de diferentes sistemas biológicos. VEs são determinadas de acordo com o seu tamanho (exossomos, microvesículas) e já foram detectadas em diferentes fluidos corporais como envolvidas no transporte de miRNAs, mRNA e proteínas que podem ser incorporados em tecidos-alvo e assim modificar a sua função. Esta proposta irá gerar amostras para investigar a composição e papel funcional das VEs durante o período de estabelecimento da receptividade uterina para a implantação e reconhecimento a gravidez durante o tempo em que a maioria das perdas de gravidez ocorrem. A fim de gerar novos insights sobre os mecanismos envolvidos na crosstalk concepto-maternal, vamos gerar amostras biológicas, o que permitirá a investigar o conteúdo das VEs secretadas por conceptos com diferentes resultados de desenvolvimento. Esta proposta vai mudar os paradigmas relacionados com o estabelecimento da gestação. Além disso, esta proposta irá estimular a troca de conhecimentos entre o Brasil e do Reino Unido permitindo aos participantes o desenvolvimento de parcerias de longo prazo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
FAPESP e Reino Unido apoiam 400 projetos de pesquisa colaborativa em 10 anos 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.