Busca avançada
Ano de início
Entree

Thelma Anderson Lovick | University of Bristol - Inglaterra

Processo: 16/50418-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 15 de janeiro de 2018 - 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Convênio/Acordo: Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil
Pesquisador responsável:Janete Aparecida Anselmo Franci
Beneficiário:Janete Aparecida Anselmo Franci
Pesquisador visitante: Thelma Anderson Lovick
Inst. do pesquisador visitante: University of Bristol, Inglaterra
Pesq. responsável no exterior: Thelma Anderson Lovick
Instituição no exterior: University of Bristol, Inglaterra
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Modelos animais 

Resumo

A Dra. Thelma Lovick vai desenvolver trabalhos sobre a síndrome pré-menstrual (SPM) em 4 frentes: 1. Ciência Básica 1. Desenvolver um novo modelo comportamental de SPM em ratas para triagem de drogas com potencial para aliviar os sintomas da SPM em mulheres. Lovick e colaboradores irão definir os protocolos experimentais a ser desenvolvidos pelos alunos. No início dos experimentos ela supervisionará os alunos em tempo integral para identificar e ajudar a resolver problemas metodológicos. 2. Ciência Básica 2. Avaliar efeitos de drogas com o fim de prevenir ou aliviar psicopatologias associadas ao ciclo estral utilizando modelos animais. Inicialmente será utilizado o teste de vocalizações ultrassônicas induzidas pelo estresse, que foi previamente demonstrado pelo grupo ser sensível à fase do ciclo estral em ratas. A confirmação dos resultados desse estudo será realizada através de testes com um segundo modelo animal. Com base nos resultados anteriormente obtidos inicialmente serão avaliados os efeitos de doses baixas de fluoxetina. Outros compostos também serão utilizados posteriormente. 3. Estudos Clínicos 1. Estudar a relação entre estrogênio/progesterona/desenvolvimento de PMS na fase lútea. Lovick trará os kits para dosagem de hormônios para este trabalho do Reino Unido, onde são mais baratos e facilmente disponíveis do que no Brasil. As amostras de saliva de mulheres na fase lútea já existem (estão armazenadas em nosso laboratório) a partir de estudo anterior, também apoiado pela FAPESP. Em razão disso, acreditamos que este estudo será concluído durante a visita. 4. Estudos clínicos 2. Ensaio clínico com dose baixa de fluoxetina durante o desenvolvimento dos sintomas da SPM na fase lútea. Este estudo translacional está ancorado em trabalho RECENTE que conduzimos em ratas (Lovick et al., em fase de revisão na revista). Lovick inicialmente irá trabalhar com os colaboradores clínicos para refinar e finalizar o protocolo de coleta de dados. O recrutamento de participantes será iniciado durante a visita. Além de palestras e ações educacionais sobre a temática, Lovick também vai passar 1-2 semanas em Natal, UFRGN, no laboratório da Dra. Vanessa de Paula Soares Rachetti para avançar colaboração em curso iniciada com a publicação Soares Rachetti et al. 2016, J. Psychopharmacol 30:1062-1068. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FIGUEIREDO, REBECA MACHADO; DE CARVALHO, MILENE CRISTINA; BRANDAO, MARCUS LIRA; LOVICK, THELMA ANDERSON. Short-term, low-dose fluoxetine prevents oestrous cycle-linked increase in anxiety-like behaviour in female rats. JOURNAL OF PSYCHOPHARMACOLOGY, v. 33, n. 5, p. 548-557, MAY 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.