Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação do triclosan com filmes de Langmuir como modelo de membrana celular

Processo: 17/04542-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 15 de maio de 2017 - 14 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Osvaldo Novais de Oliveira Junior
Beneficiário:Osvaldo Novais de Oliveira Junior
Pesquisador visitante: Paulo Antonio Martins Ferreira Ribeiro
Inst. do pesquisador visitante: Universidade Nova de Lisboa, Portugal
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/14262-7 - Filmes nanoestruturados de materiais de interesse biológico, AP.TEM
Assunto(s):Monocamadas de Langmuir  Triclosan  Sensores  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

O Prof. Paulo António Ribeiro é parceiro em pesquisas do Grupo de Polímeros Bernhard Gross há muitos anos, uma vez que ele próprio fez doutorado em nosso grupo nos anos 1990. Desde então, temos mantido colaboração que, nos últimos anos, tem se concentrado nas propriedades de filmes automontados e da interação de DNA com filmes de Langmuir. Nesta colaboração buscamos complementaridade de conhecimentos e de infraestrutura para fabricação e caracterização dos filmes, sendo que em artigos recentes foram incluídos resultados obtidos em São Carlos e em Lisboa, de maneira complementar. Para a visita que planejamos para aproveitar a licença sabática do Prof. Paulo Ribeiro, pretendemos abordar um problema recente que surgiu a partir de descobertas de que o triclosan, amplamente usado em produtos de higiene pessoal, como pastas de dentes e sabonetes, pode representar risco ambiental, para além de sua atividade (desejada) antimicrobiana. Há duas linhas de pesquisa relevantes para esse problema científico: i) a primeira é a de detecção de pequenas quantidades de triclosan em águas, pois o descarte desse princípio ativo pode contaminar o meio ambiente em função da grande quantidade derivada de produtos de higiene. ii) A segunda linha é relacionada à interação de triclosan com filmes lipídicos que simulam membranas celulares, em que são busca correlacionar os resultados de físico-química com a ação biológica do triclosan, além de servir para verificar se uma matriz lipídica pode ser adequada para a fabricação de sensores (da linha i) acima). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.