Busca avançada
Ano de início
Entree

Recobrimento osteocondutivo multiescala em superfície de implantes a base de titânio

Processo: 16/08359-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de julho de 2017 - 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Pesquisador responsável:Diego Pedreira de Oliveira
Beneficiário:Diego Pedreira de Oliveira
Empresa:Extremus Smart Surface - Tratamentos de Superfície Ltda
Município: São Carlos
Pesq. associados: Luis Felipe Sverzut Baroni
Bolsa(s) vinculada(s):17/20746-8 - Recobrimento osteocondutivo multiescala em superfície de implantes a base de titânio, BP.PIPE
17/22993-2 - Avaliação biológica de superfícies rugosas a base de titânio, BP.TT
Assunto(s):Nanotopografia  Bioatividade  Modificação de superfícies  Biomateriais metálicos 

Resumo

A tendência atual em pesquisa e desenvolvimento de materiais com aplicações biomédicas está centrada na obtenção de características que promovam atividade biológica de maneira a induzir ou acelerar repostas que possam conduzir a um reduzido período de pós-operatório. No caso de implantes intraósseos, o que se busca é que a superfície exerça respostas biológicas adequadas às células osteoblásticas e favoreça a osseointegração. Para aplicações industriais utiliza-se de processos que provocam aumento proeminente da rugosidade da superfície expondo uma composição química atóxica ao ambiente fisiológico. O objetivo é o de promover a fixação primária ou mecânica e evitar movimentos relativos entre osso e implante que podem ocasionar processos inflamatórios aos tecidos arredores. Notoriamente, as pesquisas vêm focando em modificações de superfícies que controlem as propriedades desde o nível macro ao nanométrico. Cientistas vem percebendo que desenvolver características de topografia multiescalas tem um grande potencial para acelerar os eventos biológicos que precedem a reconstrução de tecidos danificados por um trauma, uma doença, ou fatores congênitos. Desenvolver, caracterizar fisico-química e biologicamente superfícies contendo macro, micro e nanotopografias em amostras a base de titânio. Apresenta-se dividida seguinte forma: preparação das amostras, caracterização físico-química das superfícies, avaliação biológica e testes de bioatividade: Almeja-se encontrar superfície que combine bioatividade química e osteocondutividade. A primeira avaliada por meio de imersão em solução supersaturada que simule o meio fisiológico (SBF) e a segunda por meio de respostas biológicas com células osteoblásticas. A formação de macro rugosidade com microporosidade e a formação de uma camada nanotopográfica homogênea sobre a superfície do material. Espera-se satisfazer os requisitos de bioatividade química e osteocondutividade encontrando respostas biológicas favoráveis em testes in vitro. IMPACTOS: o impacto é imediato na tecnologia para materiais da indústria de implantes ortopédicos e para implantes odontológicos. Além disso, espera-se um impacto considerável na redução do período de internação o que que pode refletir em redução de custos para o Sistema Único de Saúde. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.