Busca avançada
Ano de início
Entree

Insulina modula liberação de citocinas, colágeno e secreção de muco na remodelação pulmonar de camundongos alérgicos diabéticos

Processo: 17/09775-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de junho de 2017 - 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Joilson de Oliveira Martins
Beneficiário:Joilson de Oliveira Martins
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Imunologia  Citocinas  Asma  Colágeno  Diabetes mellitus  Insulina 

Resumo

Introdução: O papel da insulina na remodelação pulmonar em modelo de asma em camundongos saudáveis e diabéticos foi avaliado.Material e Métodos: Foram sensibilizados camundongos BALB/c machos diabéticos (aloxana, 50 mg/kg, intravenosa) e os controles por injecção subcutânea (sc) de ovalbumina (OA, 20 ug) em hidróxido de alumínio Al(OH)3, 2 mg, 10 dias após a injecção de aloxana e recebeu a mesma dose 12 dias mais tarde. Seis dias após a última sensibilização, os animais foram nebulizados com solução de OA durante 7 dias. O primeiro conjunto de camundongos diabéticos e de controles recebeu 2 UI e 1 UI, respectivamente, de s.c. Neutra protamina Hagedorn (NPH) insulina e foram analisadas 8 h mais tarde. O segundo conjunto de camundongos diabéticos e de controles recebeu 2 IU e 1 IU, respectivamente, de insulina 12 h antes do desafio OA e meias doses de insulina 2 h antes de cada um dos 7 desafios OA. Vinte e quatro horas após o último desafio, foram realizadas as seguintes análises: a) quantificação das células no líquido de lavagem broncoalveolar (BALF), contagem de glóbulos brancos e glicemia; B) análise morfológica de tecidos pulmonares por coloração com hematoxilina e eosina; C) quantificação da deposição de colágeno nos tecidos pulmonares e muco por análise morfométrica das secções histológicas coradas com tricromo de Masson e ácido-Schiff periódico (PAS), respectivamente; D) quantificação das concentrações de citoquinas (IL-4, IL-5 e IL-13) no sobrenadante de BALF.Resultados: Em comparação com os controles, camundongos diabéticos reduziram significativamente as células inflamatórias (81%) no BALF, sem eosinófilos no BALF e sangue periférico, e reduziram deposição de colágeno e muco nos pulmões. Concentrações de BALF de IL-4 (48%) e IL-5 (31%) diminuíram, e IL-13 estava ausente. Uma dose única de insulina restaurou eosinófilos de sangue periférico e células mononucleares BALF mas não eosinófilos BALF, deposição de colágeno e níveis de muco. No entanto, doses múltiplas de insulina restauraram tanto as células totais como os eosinófilos no BALF e no sangue periférico, nas citocinas BALF e na deposição de colageno e secreção de muco nos pulmões.Conclusão: Os resultados sugerem que a insulina modula a produção/liberação de citocinas, migração celular, deposição de colágeno e secreção de muco na remodelação pulmonar em modelo de camundongos asmáticos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, SABRINA S.; NUNES, FERNANDA P. B.; CASAGRANDE, FELIPE B.; MARTINS, JOILSON O. Insulin Modulates Cytokine Release, Collagen and Mucus Secretion in Lung Remodeling of Allergic Diabetic Mice. FRONTIERS IN IMMUNOLOGY, v. 8, JUN 9 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.