Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de uma churrasqueira a etanol

Resumo

Atualmente, há poucas aplicações de uso de combustíveis renováveis em queimadores, apesar de representarem maior parte do consumo de energia primária. O etanol se apresenta como uma alternativa com grande potencial para substituição de combustíveis não-renováveis em queimadores no Brasil. Foi realizado um estudo de possíveis aplicações de queimadores a etanol, com potência inferior a 50 kW, do ponto de vista ambiental, econômico e tecnológico. Foi selecionada uma churrasqueira como a aplicação mais viável. Tendo em vista a necessidade de troca de calor por radiação, foram selecionados queimadores porosos infravermelhos. Foi desenvolvido um projeto de mestrado pelo pesquisador principal em que foi prototipado um queimador poroso a etanol com componentes de baixo custo, demonstrando a viabilidade inicial técnica e comercial. Um dos desafios técnicos solucionado foi o gotejamento de combustível, que ocorre em queimador poroso, devido ao alto calor latente de vaporização do etanol. Espera-se com este projeto junto à FAPESP prover soluções para desafios técnicos decorrentes deste protótipo inicial, chegando-se a um mínimo produto viável, passível de ser avaliado junto a consumidores. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)