Busca avançada
Ano de início
Entree

Zika and Chikungunya virus infections in hematopoietic stem cell transplant recipients and oncohematological patients

Processo: 17/09488-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de julho de 2017 - 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Clarisse Martins Machado
Beneficiário:Clarisse Martins Machado
Instituição-sede: Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (IMT). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/06947-5 - Dosagem de interferon gama na avaliação da imunidade celular específica para o citomegalovírus em receptores de transplantes, AP.R
Assunto(s):Hematologia  Trombocitopenia  Doenças transmissíveis  Febre de Chikungunya  Vírus Zika  Dengue  Paciente oncológico  Publicações de divulgação científica  Artigo científico 

Resumo

Os mosquitos Aedes são bem adaptados em ambientes domésticos e difundidos em regiões tropicais. Desde 2015, o Brasil vem experimentando uma tripla epidemia de dengue (DENV), chikungunya (CHKV) e Zika (ZIKV). Os últimos dois vírus provavelmente estão seguindo o caminho do DENV, que tem sido endêmico na maior parte do país desde a década de 1980. Dada esta tripla epidemia, propusemos um estudo prospectivo e colaborativo para avaliar a prevalência, morbidade e mortalidade de infecções por DENV, CHKV e ZIKV em receptores de transplante de células-tronco hematopoéticas (HSCT) e pacientes oncohematológicos. Foi utilizada uma estratégia de definição de caso (febre e exantema) para desencadear a investigação diagnóstica de DENV, ZIKV e CHKV, que foi realizada por reação em cadeia da polimerase em tempo real com amostras de plasma e urina. O acompanhamento clínico foi realizado 7 e 30 dias após o início dos sintomas. Relatamos aqui os primeiros casos de infecções por ZIKV e CHKV diagnosticadas neste estudo em andamento. De fevereiro a maio de 2016, 9 dos 26 pacientes (34,6%) preencheram critérios de definição de casos com diagnóstico de DENV (3 casos), ZIKV (4 casos) ou CHKV (2 casos). Viremia prolongada e virúria foram observadas nos casos de dengue e febre de Zika, respectivamente. A trombocitopenia foi a complicação mais frequente. O enxerto tardio foi observado em um paciente que adquiriu ZIKV 25 dias antes do TCTH. Todos os pacientes sobreviveram sem sequelas. Com a expansão geográfica dos arbovírus, a triagem de doadores e receptores pode tornar-se obrigatória. Pacientes que vivem em áreas onde esses vírus não são endêmicos também estão em risco, uma vez que esses vírus podem ser transmitidos por sangue, bem como transplante de órgãos ou tecidos. (AU)