Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das estruturas craniofaciais em pacientes respiradores bucais submetidos à expansão rápida da maxila

Processo: 16/05977-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2017 - 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Shirley Shizue Nagata Pignatari
Beneficiário:Shirley Shizue Nagata Pignatari
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Mario Cappellette Junior
Assunto(s):Respiração bucal  Expansão rápida da maxila  Otorrinolaringologia  Nasofaringe 

Resumo

Introdução- A atresia da maxila é uma alteração dento-esquelética relacionada à diminuição transversal do arco maxilar, comum na infância e que pode estar associada a problemas respiratórios. Assim a relação entre a morfologia craniofacial e respiração têm se tornado objeto de estudo de vários profissionais da área da saúde como Ortodontistas e Otorrinolaringologistas. Metodologia- A amostra será composta de 40 imagens tomográficas correspondentes a 20 pacientes de ambos os gêneros, com idade variando de 05 a 12 anos, em fase de dentição mista e/ou permanente, respiradores bucais tratados com expansão rápida da maxila. Os pacientes selecionados serão submetidos à expansão rápida da maxila e avaliados por meio Tomografia Computadorizada (TCCB) em dois momentos distintos: na fase inicial (T1) e 180 dias após a expansão rápida da maxila. O grupo controle será composto por 20 pacientes e que serão analisados entre as fases T1 e T2, período de seis meses que será considerado um período de controle em que não foram submetidos à expansão maxilar. Serão feitas mensurações volumétricas, lineares e da área das estruturas. Serão aplicados o teste de Shapiro-Wilk para valores de significância. Para avaliação da confiabilidade das medidas e o grau de concordância intra- observadores será aplicado o Coeficiente de Correlação Intraclasse (ICC) (AU)