Busca avançada
Ano de início
Entree

Acurácia da ressonância magnética pré-operatória no diagnóstico das roturas do tendão do subescapular: estudo prospectivo

Processo: 17/02896-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2017 - 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Eduardo Angeli Malavolta
Beneficiário:Eduardo Angeli Malavolta
Instituição-sede: Instituto de Ortopedia e Traumatologia Professor Francisco Elias de Godoy Moreira (IOT). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Arnaldo Amado Ferreira Neto ; João Carlos Ramos dos Santos Queiroz ; Jorge Henrique Assunção ; Lucas Busnardo Ramadan ; Mauro Emilio Conforto Gracitelli ; Olavo Pires de Camargo
Assunto(s):Cirurgia ortopédica  Tendões  Manguito rotador  Artroscopia  Imagem por ressonância magnética 

Resumo

As roturas do manguito rotador são freqüentes na população. Entre os tendões acometidos, o subescapular tem recebido menor destaque na literatura ortopédica, apesar de lesões serem evidenciadas em até 40% das artroscopias. Estudos recentes demonstram baixa sensibilidade da ressonância magnética (RM) na detecção das roturas do tendão do subescapular, quando comparada aos valores reportados em revisões sistemáticas que avaliam conjuntamente todos os tendões do manguito rotador. Realizaremos um estudo prospectivo, avaliando a acurácia da RM na detecção das roturas do subescapular, a ser comparada com o padrão-ouro diagnóstico (inspeção cirúrgica por via artroscópica). Serão estudados 200 ombros, submetidos a tratamento artroscópico devido a afecções do manguito rotador. As RM, realizadas em aparelho de 1,5 Tesla, serão avaliadas de maneira cega e independente por dois radiologistas e um ortopedista. O ortopedista reavaliará as imagens em ordem aleatória num segundo tempo. Analisaremos a sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo e valor preditivo negativo, além da concordância intraobservador e interobservador. O objetivo primário deste estudo é avaliar a acurácia da RM em identificar lesões do subescapular, comparando-a à inspeção artroscópica. Como objetivos secundários buscaremos fatores preditivos para a presença de roturas do subescapular. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LUCAS BUSNARDO RAMADAN; EDUARDO BAPTISTA; FELIPE FERREIRA DE SOUZA; MAURO EMILIO CONFORTO GRACITELLI; JORGE HENRIQUE ASSUNÇÃO; FERNANDO BRANDAO ANDRADE-SILVA; ARNALDO AMADO FERREIRA-NETO; EDUARDO ANGELI MALAVOLTA. Diagnostic accuracy of preoperative magnetic resonance imaging for detecting subscapularis tendon tears: a diagnostic test study. São Paulo Medical Journal, n. ahead, p. -, 2020.
LUCAS BUSNARDO RAMADAN; EDUARDO BAPTISTA; FELIPE FERREIRA DE SOUZA; MAURO EMILIO CONFORTO GRACITELLI; JORGE HENRIQUE ASSUNÇÃO; FERNANDO BRANDAO ANDRADE-SILVA; ARNALDO AMADO FERREIRA-NETO; EDUARDO ANGELI MALAVOLTA. Diagnostic accuracy of preoperative magnetic resonance imaging for detecting subscapularis tendon tears: a diagnostic test study. São Paulo Medical Journal, v. 138, n. 4, p. 310-316, Ago. 2020.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.