Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelos sedimentares de ergs pré-cambrianos em Brasil e Índia

Processo: 17/03649-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2017 - 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Giorgio Basilici
Beneficiário:Giorgio Basilici
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Francisco Romério Abrantes Júnior ; Patrick Francisco Führ Dal' Bó ; Prabir Dasgupta ; Tapan Chakraborty
Assunto(s):Sedimentologia  Sedimentologia eólica  Estratigrafia  Deposição de sedimentos  Pré-cambriano  Brasil  Índia 

Resumo

Os sistemas deposicionais de ergs pré-cambrianos são parecidos aos atuais sistemas de ergs? A ausência de vegetação terrestre é o principal fator que controla a formação de depósitos eólicos em sistemas pré-silurianos? Ou outros fatores controlaram a sedimentação eólica em sistemas pré-cambrianos? Estas são as principais perguntas que constituem o leitmotiv deste projeto. A abundância e boas exposições de depósitos eólicos pré-cambrianos em Brasil e Índia, a geral falta de conhecimento na literatura internacional de depósitos eólicos pré-cambrianos brasileiros e as boas relações entre o Instituto de Geociencias (UNICAMP) e o Geological Studies Unit (Indian Statistical Institute - India) são as outras razões relevantes que ajudaram a realização deste projeto. As áreas de estudo estão localizadas em sucessões sedimentares pré-cambrianas do Brasil (Formação Galho do Miguel) e da Índia (Formação Venkatpur Sandstone), cujas exposições constituem ótimas condições para o desenvolvimento deste projeto. O principal objetivo é definir os fatores que controlaram a arquitetura nestes depósitos eólicos pré-cambrianos e, em particular, definir se a ausências de vegetação foi o principal fator que controlou a construção e acumulação de depósitos eólicos. Este principal objetivo é realizado mediante o cumprimento de quatro fases (ou objetivos secundários), que em ordem são: i) definição das estruturas sedimentares e interpretação dos processos deposicionais; ii) reconstrução do modelo arquitetural; iii) análise das sequências estratigráficas do modelo arquitetural; iv) comparação do modelo obtido com os modelos publicados de ergs pós-silurianos. A maioria dos dados é adquirida no campo mediante detalhadas análises das litofácies, descrição de seções 2D e 3D, reproduções fotográficas de alta resolução e coleta de amostras. No laboratório, outros dados são adquiridos mediante reprodução gráfica de seções estratigráficas, corte e polimento de amostras de rocha, análises microscópica in lâminas delgadas e análise de microtexturas superficiais de grãos de quartzo. Os resultados esperados dependem dos dados adquiridos e da relativa discussão. Assim, nesta fase de planejamento podemos somente sublinhar os principais pontos que serão objeto de discussão e os possíveis resultados. A discussão deve interessar: 1) a comparação dos nossos modelos arquiteturais com os presentes modelos arquiteturais de literatura e aquele gerados por simulação no computador, usando os códigos Matlab de Rubin, e 2) a tentativa de definir os fatores de controle dos nossos modelos arquiteturais pré-cambrianos. Finalmente, os resultados poderão ser: (1) a definição dos fatores de controle que geraram as sucessões sedimentares das Formações Galho do Miguel e Venkatpur Sandstone; (2) a comparação dos nossos modelos com pós-silurianos e pré-silurianos sucessões sedimentares de ergs para verificar analogias e/ou diferenças. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MESQUITA, AQUILA FERREIRA; BASILICI, GIORGIO; THEODORO SOARES, MARCUS VINICIUS; VASCONEZ GARCIA, RICHARD GUILLERMO. Morphology, accumulation and preservation of draa systems in a Precambrian erg (Galho do Miguel Formation, SE Brazil). SEDIMENTARY GEOLOGY, v. 412, FEB 2021. Citações Web of Science: 0.
BASILICI, GIORGIO; THEODORO SOARES, MARCUS VINICIUS; MOUNTNEY, NIGEL PHILIP; COLOMBERA, LUCA. Microbial influence on the accumulation of Precambrian aeolian deposits (Neoproterozoic, Venkatpur Sandstone Formation, Southern India). Precambrian Research, v. 347, SEP 2020. Citações Web of Science: 0.
ABRANTES, JR., FRANCISCO R.; BASILICI, GIORGIO; THEODORO SOARES, MARCUS VINICIUS. Mesoproterozoic erg and sand sheet system: Architecture and controlling factors (Galho do Miguel Formation, SE Brazil). Precambrian Research, v. 338, MAR 2020. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BASILICI, Giorgio. Sistemas eólicos do Mesoproterozoico : morfodinâmica e controles na acumulação e preservação (Formação Galho do Miguel, Supergrupo Espinhaço). 2020. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.