Busca avançada
Ano de início
Entree

Processos angiogênicos e seu papel nos mecanismos fisiopatológicos de doenças hemolíticas - Professora Raquel Soares Lino

Processo: 17/09535-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 27 de agosto de 2017 - 07 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Nicola Amanda Conran Zorzetto
Beneficiário:Nicola Amanda Conran Zorzetto
Pesquisador visitante: Raquel Angela Silva Soares Lino
Inst. do pesquisador visitante: Universidade do Porto (UP), Portugal
Instituição-sede: Centro de Hematologia e Hemoterapia (HEMOCENTRO). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Angiogênese  Células endoteliais  Inflamação  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

A angiogênese é caracterizada pela formação de novos capilares, a partir de vasos pré-existente. Este processo tem um papel importante no fornecimento de oxigênio e nutrientes teciduais e para a migração de células inflamatórias para o local de inflamação. O processo angiogênico envolve interações de vários tipos de células e mediadores para estabelecer a formação capilar. As células endoteliais são fundamentais para este processo, se organizando para formar os vasos sanguíneos contendo lúmen, impulsionado pela proliferação e migração das células endoteliais em resposta a mediadores angiogênicos. Alterações na angiogênese têm sido associadas com condições patológicas, particularmente em doenças inflamatórias e em baixa tensão de oxigênio. O aumento dos níveis séricos de fatores de crescimento angiogênico e Angiogenina 2 (Ang-2) tem sido relatado em pacientes com anemia falciforme, uma doença caracterizada por hemólise intravascular e inflamação crônica, e indica um estado pró angiogênico nesta doença. Adicionalmente, dados recentes indicam que, durante episódios de hemólise, a presença de Hb e heme livre na circulação podem induzir quadros inflamatórios, stress oxidativo e ativação endotelial. Ainda não existem relatos literários que a hemólise esteja associada com processos angiogênicos e de neovascularização. Durante a visita das Professoras Raquel Soares e M. Raquel Costa, pretendemos estreitar a colaboração entre o grupo de Inflamação Vascular do Centro de Hematologia e Hemoterapia, UNICAMP. A nossa colaboração já resultou em duas publicações (Lopes et al., 2014; Microvasc Res e Lopes et al., 2015, Haematologica), no entanto a Pesq Nicola Conran Zorzetto ainda não conheçe pessoalmente as Professores Raquel Soares e M. Raquel Costa. Durante a visita, as visitantes auxiliarão no desenvolvimento de técnicas (técnica de neovascularização em plugs de matrigel em camundongos com hemólise, ensaios com anéis aórticos em matrigel in vitro e ensaio de formação de estruturas capilares em matrigel) que serão utilizadas no laboratório para o desenvolvimento de um projeto de pós doutorado (Proc. 2016/10542-3, vinculado ao 2014/19173-5) e um projeto de doutorado (vinculado ao proj. temático 2014/00984-3). As Professoras visitantes também ministrarão um Workshop, Prática-laboratorial e Metodologias em Angiogênese, com carga horária de 30 h para até 12 participantes durante a sua estadia. Esta solicitação será submetida em dois processos para que possamos obter apoio para a vinda das duas pesquisadoras (uma pesquisadora em cada processo). Espera-se benefícios diretos da visita para os projetos de pesquisa descritos, além de firmar a parceria que já tem duração de quase 7 anos, a fim de procurar futuras maneiras para apoiar e financiar esta colaboração. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.