Busca avançada
Ano de início
Entree

INCT 2014: psiquiatria do desenvolvimento para crianças e adolescentes

Processo: 14/50917-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de julho de 2017 - 30 de junho de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Convênio/Acordo: CNPq - INCTs
Pesquisador responsável:Eurípedes Constantino Miguel Filho
Beneficiário:Eurípedes Constantino Miguel Filho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):17/17718-2 - Os efeitos de intervenções psicossociais e sintomas neuropsiquiátricos no funcionamento social e nas redes neurais em crianças, adolescentes e jovens brasileiros, AV.EXT
17/50041-6 - Risco de distúrbios do espectro obsessivo-compulsivo: considerações clínicas, ambientais, familiares e endofenotípicas, AP.R
Bolsa(s) vinculada(s):14/01585-5 - Variações raras de novo e hereditárias no genoma de pacientes com transtorno obsessivo-compulsivo, BP.PD
Assunto(s):Psiquiatria  Psicologia do desenvolvimento  Crianças  Adolescentes  Transtornos mentais  Transtornos do neurodesenvolvimento 

Resumo

Os transtornos mentais têm início em fases precoces da vida e estão entre as maiores fontes de incapacitação e de gastos em saúde. Dados epidemiológicos gerados por nossa equipe demonstraram que apenas 20% das crianças brasileiras com problemas de saúde mental têm acesso a cuidados adequados. O Instituto Nacional de Psiquiatria do Desenvolvimento para Crianças e Adolescentes (INPD) foi criado em 2009, tem como missão a geração de conhecimento e formação de recursos humanos em saúde mental infantil e adolescente usando o referencial da psiquiatria do desenvolvimento. Tendo como premissa as evidências de que os transtornos mentais estão relacionados a alterações precoces no desenvolvimento cerebral e que, intervindo nesse processo, podemos revertê-las. Na atual proposta, desenvolvemos a segunda fase do INPD (INPD II), onde iremos implementar um programa que articula ciência e tecnologia com o desenvolvimento de recursos humanos, transferência de conhecimento para a sociedade (setores público e privado), e internacionalização. Nosso objetivo é continuar dois bem-sucedidos estudos de coorte, iniciar uma nova intervenção para os estágios mais precoces do desenvolvimento e criar um centro para integração de dados. A Coorte de Alto Risco é um estudo de neurociência populacional que utiliza um desenho de coorte acelerado para mapear o desenvolvimento de 2.500 crianças, avaliadas inicialmente entre 6-14 anos e num seguimento de três anos. No INPD II, serão avaliados em idades entre 12 e 20 anos, quando o início da maioria dos transtornos já é detectável. Este projeto combina tecnologias de ponta, incluindo sofisticadas técnicas de neuroimagem, avaliação cognitiva, genética e biologia molecular, para caracterizar as trajetórias de neurodesenvolvimento associadas aos transtornos mentais. A Coorte de Nascimento Butantã inclui 900 crianças de comunidades vulneráveis, cujo desenvolvimento foi monitorado a partir da 26° semana de gestação até 2 anos. No INPD II, os sujeitos serão avaliados aos cinco anos para investigar quão precocemente é possível detectar alterações no neurodesenvolvimento associadas ao desenvolvimento cognitivo pré-escolar. Vamos ainda testar o Programa Visitando Jovens Mães em um ensaio randomizado controlado com gestantes de alto risco para promover o desenvolvimento intrauterino saudável. Será avaliado o efeito de uma série de estímulos ambientais e sociais associados à intervenção sobre o neurodesenvolvimento. Além disso, pretende-se criar um Centro de Integração de Dados, para integrar a enorme quantidade de dados e desenvolver modelos de predição oriundos de abordagens multimodais. Este centro vai promover a troca de dados de forma segura intra e extramuros, nutrindo colaborações nacionais e internacionais. No INPD II várias iniciativas serão implementadas para melhorar a massa crítica na área de saúde mental infantil e adolescente, proporcionando uma formação de ponta em psiquiatria do desenvolvimento, incluindo centros menos desenvolvidos do Brasil. Vamos criar o Programa Internacional de Pós-Graduação Especial Tripartite em Neurociência Translacional do Desenvolvimento para atrair estudantes brasileiros e estrangeiros promissores, que buscam o título de doutorado, e um programa de certificação de um ano em saúde mental infantil para profissionais de saúde que trabalham no sistema público de saúde. Para transferir conhecimentos para a sociedade, vamos criar o e-Cuidar de Saúde Mental de Crianças e Adolescente e do Desenvolvimento, uma plataforma de ponta para divulgar o conhecimento com interfaces de web e de celulares, onde informações científicas relevantes serão traduzidas para o público em geral. Para atingir esta meta, estabelecemos uma parceria com o Centro Harvard de Desenvolvimento da Criança, que irá nos ajudar no desenvolvimento de conteúdo. Numa parceria com a empresa de- telefonia VIVO, vamos divulgar estas informações através de telefones celulares, ampliando significativamente nosso alcance na população geral. Várias iniciativas foram designadas para promover a transferência de conhecimento em grande escala aos setores público e privado. Implementaremos o Programa de Intervenção Visitando Jovens Mães, em colaboração com a Secretaria de Saúde da cidade de São Paulo e Maria Cecília Couto Vidigal, em várias áreas de cidade. O Projeto Cuca Legal, um programa escolar de conhecimento sobre saúde mental, desenvolvido e testado pela equipe do INPD, será ampliado para os professores de mais de mil escolas públicas do país. Em parceria com Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino, vamos construir uma plataforma de software para combinar dados em larga escala com o objetivo de identificar indivíduos em risco para transtornos mentais, o que pretende ser transformado em uma empresa (spin-off). Com foco na Internacionalização do INPD II, nós vamos avançar nos programas já estabelecidos com a Yale University, Harvard Medical School, King´s College London, University of Toronto e o Karolinska Institute. Vamos criar o programa ResearchMatch que estabelecer um direcionamento para promover o intercâmbio de pesquisadores entre o INPD e outras instituições internacionais. Ao investir nestas estratégias, e em outras como tornar acessível o nosso Centro de Integração de Dados, esperamos atrair estudantes e professores de instituições das Américas, Europa e sudeste asiático. Intervenções iniciadas precocemente nas vidas de crianças carentes tem muito maior retorno econômico do que as tardias. O INPD é um exemplo de time de pesquisa altamente produtivo trabalhando para colocar o Brasil entre os melhores grupos de pesquisa na área a de neurodesenvolvimento no mundo. Com um portfólio de projetos sinérgicos focados no desenvolvimento infantil, nós estamos confiantes que a renovação dos recursos para o INPD II terá um impacto direto no desenvolvimento das nossas crianças e proverá inovações radicais que terão um impacto no cenário mundial de saúde mental. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Depressão em adolescentes pode estar ligada a aumento na recompensa 

Publicações científicas (9)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SPINDOLA, LETICIA M.; SANTORO, MARCOS L.; PAN, PEDRO M.; OTA, VANESSA K.; XAVIER, GABRIELA; CARVALHO, CAROLINA M.; TALARICO, FERNANDA; SLEIMAN, PATRICK; MARCH, MICHAEL; PELLEGRINO, RENATA; BRIETZKE, ELISA; GRASSI-OLIVEIRA, RODRIGO; MARI, JAIR J.; GADELHA, ARY; MIGUEL, EURIPEDES C.; ROHDE, LUIS A.; BRESSAN, RODRIGO A.; MAZZOTTI, DIEGO R.; SATO, JOAO R.; SALUM, GIOVANNI A.; HAKONARSON, HAKON; BELANGERO, I, SINTIA. Detecting multiple differentially methylated CpG sites and regions related to dimensional psychopathology in youths. CLINICAL EPIGENETICS, v. 11, n. 1 OCT 21 2019. Citações Web of Science: 0.
SATO, JOAO RICARDO; BIAZOLI JR, CLAUDINEI EDUARDO; MOURA, LUCIANA MONTEIRO; CROSSLEY, NICOLAS; ZUGMAN, ANDRE; PICON, FELIPE ALMEIDA; HOEXTER, MARCELO QUEIROZ; AMARO JR, EDSON; MIGUEL, EURIPEDES CONSTANTINO; ROHDE, LUIS AUGUSTO; BRESSAN, RODRIGO AFFONSECA; JACKOWSKI, ANDREA PAROLIN. Association Between Fractional Amplitude of Low-Frequency Spontaneous Fluctuation and Degree Centrality in Children and Adolescents. BRAIN CONNECTIVITY, v. 9, n. 5, p. 379-387, JUN 1 2019. Citações Web of Science: 0.
HOFFMANN, MAURICIO SCOPEL; PAN, PEDRO MARIO; MANFRO, GISELE GUS; MARI, JAIR DE JESUS; MIGUEL, EURIPEDES CONSTANTINO; BRESSAN, RODRIGO AFFONSECA; ROHDE, LUIS AUGUSTO; SALUM, GIOVANNI ABRAHAO. Cross-Sectional and Longitudinal Associations of Temperament and Mental Disorders in Youth. CHILD PSYCHIATRY & HUMAN DEVELOPMENT, v. 50, n. 3, p. 374-383, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
CARVALHO, CAROLINA MUNIZ; PAN, PEDRO M.; OTA, VANESSA K.; SPINDOLA, LETICIA M.; XAVIER, GABRIELA; SANTORO, MARCOS L.; MAZZOTTI, DIEGO R.; PELLEGRINO, RENATA; HAKONARSON, HAKON; ROHDE, LUIS AUGUSTO; MIGUEL, EURIPEDES CONSTANTINO; GADELHA, ARY; BRESSAN, RODRIGO A.; BELANGERO, SINTIA I. Effects of the interaction between genetic factors and maltreatment on child and adolescent psychiatric disorders. PSYCHIATRY RESEARCH, v. 273, p. 575-577, MAR 2019. Citações Web of Science: 0.
PAN, PEDRO M.; GADELHA, ARY; ARGOLO, FELIPE C.; HOFFMANN, MAURICIO S.; ARCADEPANI, FELIPE B.; MIGUEL, EURIPEDES C.; ROHDE, LUIS A.; MCGUIRE, PHILIP; SALUM, GIOVANNI A.; BRESSAN, RODRIGO A. Childhood trauma and adolescent psychotic experiences in a community-based cohort: The potential role of positive attributes as a protective factor. SCHIZOPHRENIA RESEARCH, v. 205, n. SI, p. 23-29, MAR 2019. Citações Web of Science: 0.
MIGUEL, EURIPEDES C.; LOPES, ANTONIO C.; MCLAUGHLIN, NICOLE C. R.; NOREN, GEORG; GENTIL, ANDRE F.; HAMANI, CLEMENT; SHAVITT, ROSELI G.; BATISTUZZO, MARCELO C.; VATTIMO, EDOARDO F. Q.; CANTERAS, MIGUEL; DE SALLES, ANTONIO; GORGULHO, ALESSANDRA; SALVAJOLI, JOAO VICTOR; FONOFF, ERICH TALAMONI; PADDICK, IAN; HOEXTER, MARCELO Q.; LINDQUIST, CHRISTER; HABER, SUZANNE N.; GREENBERG, BENJAMIN D.; SHETH, SAMEER A. Evolution of gamma knife capsulotomy for intractable obsessive-compulsive disorder. MOLECULAR PSYCHIATRY, v. 24, n. 2, p. 218-240, FEB 2019. Citações Web of Science: 7.
TEIXEIRA MENDES, LORENNA SENA; MANFRO, GISELE GUS; GADELHA, ARY; PAN, PEDRO MARIO; BRESSAN, RODRIGO AFFONSECA; ROHDE, LUIS AUGUSTO; SALUM, GIOVANNI ABRAHAO. Fine motor ability and psychiatric disorders in youth. EUROPEAN CHILD & ADOLESCENT PSYCHIATRY, v. 27, n. 5, p. 605-613, MAY 2018. Citações Web of Science: 0.
DE ARAUJO, CELIA MARIA; ZUGMAN, ANDRE; SWARDFAGER, WALTER; NOGUEIRA BELANGERO, SINTIA IOLE; OTA, VANESSA KIYOMI; SPINDOLA, LETICIA MARIA; HAKONARSON, HAKON; PELLEGRINO, RENATA; GADELHA, ARY; SALUM, GIOVANNI ABRAHAO; PAN, PEDRO MARIO; DE MOURA, LUCIANA MONTEIRO; DEL AQUILLA, MARCO; PICON, FELIPE ALMEIDA; AMARO, JR., EDSON; SATO, JOAO RICARDO; BRIETZKE, ELISA; GRASSI-OLIVEIRA, RODRIGO; ROHDE, LUIS AUGUSTO P.; MIGUEL, EURIPEDES CONSTANTINO; BRESSAN, RODRIGO A.; JACKOWSKI, ANDREA PAROLIN. Effects of the brain-derived neurotropic factor variant Val66Met on cortical structure in late childhood and early adolescence. JOURNAL OF PSYCHIATRIC RESEARCH, v. 98, p. 51-58, MAR 2018. Citações Web of Science: 5.
PAN, PEDRO MARIO; SATO, JOAO R.; SALUM, GIOVANNI A.; ROHDE, LUIS A.; GADELHA, ARY; ZUGMAN, ANDRE; MARI, JAIR; JACKOWSKI, ANDREA; PICON, FELIPE; MIGUEL, EURIPEDES C.; PINE, DANIEL S.; LEIBENLUFT, ELLEN; BRESSAN, RODRIGO A.; STRINGARIS, ARGYRIS. Ventral Striatum Functional Connectivity as a Predictor of Adolescent Depressive Disorder in a Longitudinal Community-Based Sample. American Journal of Psychiatry, v. 174, n. 11, p. 1112-1119, NOV 1 2017. Citações Web of Science: 22.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.