Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 2016/00446-7: liofilizador

Processo: 17/10395-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de julho de 2017 - 30 de junho de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Eduardo Festozo Vicente
Beneficiário:Eduardo Festozo Vicente
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Engenharia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Tupã. Tupã , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/00446-7 - Aplicação de peptídeos antimicrobianos como novos aditivos na nutrição animal, AP.JP
Assunto(s):Liofilizador  Síntese  Peptídeos  Peptídeos catiônicos antimicrobianos  Sublimação  Bovinocultura de corte  Nutrição animal  Equipamentos multiusuários 
As informações abaixo são de responsabilidade do Pesquisador responsável.
Página web do EMU:https://www.tupa.unesp.br/#!/pesquisa/equipamentos-multiusuarios/
Tipo de equipamento:Processos Biológicos - Processamento de tecidos - Desidratação
Fabricante: Liotop
Modelo: K 105

Resumo

Durante as décadas passadas, um grande número de peptídeos antimicrobianos (PAMs) vem sendo identificados a partir de uma variedade de espécies de vertebrados e invertebrados, tais como a magainina, aureína, cecropina, ceratotoxina, entre outros. Em especial, o peptídeo antimicrobiano Ctx(Ile21)Ha, extraído e isolado da rã do cerrado brasileiro (Hypsiboas albopunctatus), vem sendo estudado e demonstrou ser uma molécula muito promissora, devido às atividades biológicas apresentadas contra fungos e bactérias. Devido à sua propriedade de permeabilizar e destruir membranas bacterianas, levando-as à morte, estes peptídeos são um foco de interesse no melhoramento da produção de bovinos de corte e aves de postura, podendo assim ser aplicados na nutrição animal. Desta forma, este projeto tem como objetivo avaliar os efeitos da aplicação do peptídeo antimicrobiano Ctx(Ile21)Ha na dieta de ruminantes, com o intuito de diminuir a população de bactérias Gram-positivas, que acarretam diminuição na eficiência de utilização de nutrientes no rúmen por meio do aumento da produção de metano entérico. Deste modo, o projeto prevê, além da síntese do peptídeo Ctx(Ile21)Ha, uma avaliação da sua atividade biológica frente aos microrganismos indesejáveis e, posteriormente, estudos in vitro e in vivo para a verificação da viabilidade da adição desta molécula no líquido ruminal. Além disso, o presente projeto visa, realizar testes in vivo em animais monogástricos, como aves de postura e suínos, e a verificação dos índices zootécnicos para o aumento da produção, bem como analisar o peptídeo como conservante em alimentos como frutas e verduras, visando o aumento do seu tempo de prateleira. Paralelamente, serão feitas sínteses de conjugados com o peptídeo e modificações estruturais pontuais no peptídeo Ctx(Ile21)Ha, objetivando o aumento e direcionamento de sua atividade biológica, na tentativa de se formar compostos com maior potencial de ação antimicrobiana e passíveis de serem testados também como aditivos em outras espécies animais e verificar a ação sobre seus índices de produção. (AU)