Busca avançada
Ano de início
Entree

Connexions between the dorsomedial division of the ventromedial hypothalamus and the dorsal periaqueductal grey matter are critical in the elaboration of hypothalamically mediated panic-like behaviour

Processo: 17/11809-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de agosto de 2017 - 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Norberto Cysne Coimbra
Beneficiário:Norberto Cysne Coimbra
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Neuroanatomia  Ácido glutâmico 

Resumo

A estimulação elétrica e química da matéria cinzenta periaqueductal dorsal (dPAG) provoca comportamento de escape explosivo e pânico. Embora os neurônios do hipotálamo ventromedial (VMH) parecem organizar o comportamento de escape orientado, quando estimulados com aminoácidos excitatórios em doses mais elevadas, também podem ser exibidas reações de escape não orientadas / explosivas. O objetivo deste trabalho foi examinar a importância das projeções recíprocas entre o VMH e o dPAG para a organização desse comportamento semelhante ao do pânico. A estimulação química do VMH com 9 nmol de ácido N-metil-d-aspártico (NMDA) provocou comportamentos de escape orientados e não orientados. O pré-tratamento do dPAG com um bloqueador não seletivo de contatos sinápticos, cloreto de cobalto (CoCl2), seguido de estimulação da parte dorsomedial do hipotálamo ventromedial (dmVMH) com 9 nmol de NMDA, aboliu o escape não-orientado / explosivo e o congelamento Respostas provocadas pela estimulação do dmVMH. No entanto, os ratos ainda mostraram fugas orientadas para a toca. Por outro lado, quando o bloqueio da dmVMH com CoCl2 foi seguido por estimulação do dPAG com 6nmol de NMDA, nenhum efeito foi observado na fuga não orientada / explosiva ou no comportamento de congelamento organizado pelo dPAG. Assim também,neurônios marcados com proteína Fos foram observados na dPAG após a estimulação do dmVMH com 9 nmol de NMDA. Além disso, quando o neurotraçador anterógrado biodextrana biotinizada (BDA) foi depositado no dmVMH com subsequente estimulação química do mesmo núcleo dmVMH, encontraram-se fibras neurais marcadas com BDA provenientes do dmVMH com botões terminais envolvendo neurônios marcados com Fos na dPAG, sugerindo contatos sinápticos entre dmVMH e neurônios da dPAG para a indução de Respostas comportamentais de pânico. Os dados presentes sugerem que a dPAG é a estrutura-chave que organiza reações de escape não orientadas / explosivas associadas a comportamentos de ataque de pânico. (AU)