Busca avançada
Ano de início
Entree

Remoção de compostos nitrogenados de efluentes anaeróbios envolvendo o processo anammox em filtros percoladores

Processo: 16/21586-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2017 - 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Luana Mattos de Oliveira Cruz
Beneficiário:Luana Mattos de Oliveira Cruz
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados: Carlos Manuel Lopez-Vazquez ; Julius Bernardus van Lier ; Regina Maura Bueno Franco
Assunto(s):Matéria orgânica  Remoção de nutrientes  Nitrogênio  Anammox 

Resumo

O nitrogênio é um dos maiores poluentes do esgoto doméstico e sua remoção tem sido amplamente discutida. Muitos estudos têm sido realizados sobre o processo ANAMMOX (ANaerobic AMMonium-OXidizing) o qual é uma alternativa promissora para a remoção biológica do nitrogênio de efluentes industriais e domésticos. A tecnologia de filtros percoladores com meio suporte de espumas de poliuretano tem alta absorção de biomassa, característica excelente para as bactérias anammox que tem crescimento mais lento. Entretanto, a maioria dos estudos acerca deste processo são desenvolvidos em reatores operados por batelada e alimentados por afluente sintético com alta concentração de nitrogênio e sem a presença de material orgânico. Observa-se a carência de estudos sobre a remoção dos compostos nitrogenados envolvendo o processo anammox por filtros percoladores, principalmente considerando a alimentação por esgoto doméstico. O objetivo desta proposta é o estudo destes filtros, em escala de bancada, visando o pós - tratamento de efluentes anaeróbios para remoção de nitrogênio, principalmente via processo anammox. A pesquisa será desenvolvida em 24 meses e dividida em 3 etapas: (i) Estabilização da atividade das bactérias anammox presentes em biofilmes aderidos a espumas; (ii) Avaliação da influência do efluente anaeróbio nesta atividade; e (iii) Avaliação da operação do reator apenas alimentado com efluente anaeróbio. Também serão obtidas diretrizes para parâmetros de projeto visando a transferência da tecnologia. (AU)