Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do estresse e seus mediadores sobre a carcinogênese e progressão do câncer de cabeça e pescoço

Processo: 16/25255-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2017 - 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Daniel Galera Bernabé
Beneficiário:Daniel Galera Bernabé
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Pesq. associados:Dulce Elena Casarini ; Gisele Zoccal Mingoti ; Glauco Issamu Miyahara ; Sandra Helena Penha de Oliveira
Assunto(s):Psiconeuroimunologia  Transformação celular neoplásica  Estresse psicológico  Norepinefrina  Hidrocortisona 

Resumo

Há muito tempo especula-se que os fatores emocionais podem influenciar o desenvolvimento do câncer. Porém somente na última década pesquisas tem trazido evidências mais consistentes de que o estresse emocional e seus hormônios podem influenciar a progressão da doença. Já a participação do estresse e seus mediadores sobre a carcinogênese ainda não é clara. O câncer de cabeça e pescoço é uma doença com alta morbidade e mortalidade e tem como principais fatores de risco o tabagismo e o alcoolismo. Pouco é conhecido sobre a participação de fatores emocionais e neurohormonais sobre a carcinogênese em modelos pré-clínicos e sobre a progressão do câncer de cabeça de cabeça e pescoço em humanos. No presente projeto nós utilizaremos um modelo in-vitro, um modelo pré-clínico em animais e uma complementação clínica em humanos para investigar a influência do estresse e seus principais hormônios sobre a carcinogênese e prognóstico do câncer de cabeça e pescoço. No estudo in-vitro avaliaremos a influência dos hormônios do estresse (norepinefrina e cortisol) sobre danos no DNA e transformação maligna dos queratinócitos de mucosa bucal utilizando ensaios de biologia molecular. Nos experimentos com um modelo de carcinogênese quimicamente induzida em ratos será analisada a influência do estresse precoce de vida sobre a ocorrência e progressão do carcinoma espinocelular (CEC) de língua. Testes comportamentais de ansiedade serão realizados com o objetivo de avaliar possíveis alterações comportamentais durante o processo de carcinogênese. A incidência dos tumores e a expressão de genes associados à progressão tumoral serão analisadas por avaliação histopatológica e ensaio de PCR em tempo real, respectivamente. Para avaliar a influência do estresse precoce sobre alterações no microambiente tumoral, as concentrações tumorais dos hormônios do estresse e citocinas pró-inflamatórias serão avaliadas por imunoensaio Multiplex. A ativação neuronal em regiões cerebrais associadas a ansiedade será avaliada por imunohistoquímica. Por fim, o estudo será complementado com a investigação dos níveis psicológicos de ansiedade e das concentrações plasmáticas de hormônios associados ao estresse do eixo HPA e eixo simpático em pacientes portadores de câncer de boca e câncer de orofaringe. As concentrações hormonais serão mensuradas por imunoensaios e cromatografia líquida de alta performance (HPLC). Testes estatísticos serão usados para avaliar a correlação entre os níveis de ansiedade e os níveis hormonais, suas associações com as variáveis clínicopatológicas e sua influência sobre os fatores prognósticos. Esperamos que os resultados deste estudo possa desvendar novos parâmetros biológicos e comportamentais que interferem no início e progressão do câncer de cabeça e pescoço. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BASTOS, DANIELA B.; SARAFIM-SILVA, BRUNA A. M.; SUNDEFELD, MARIA LUCIA M. M.; RIBEIRO, AMANDA A.; BRANDAO, JULIANA D. P.; BIASOLI, EDER R.; MIYAHARA, I, GLAUCO; CASARINI, DULCE E.; BERNABE, DANIEL G. Circulating catecholamines are associated with biobehavioral factors and anxiety symptoms in head and neck cancer patients. PLoS One, v. 13, n. 8 AUG 20 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.