Busca avançada
Ano de início
Entree

VIII Encontro de Pesquisadores em Poetica Musical dos Séculos XVI, XVII e XVIII

Processo: 17/05749-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 12 de setembro de 2017 - 15 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Monica Isabel Lucas
Beneficiário:Monica Isabel Lucas
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Musica poetica 

Resumo

A poética musical ocidental dos sécs. XVI, XVII e XVIII tem como princípio a coordenação entre os processos de produção e recepção da música, numa relação de causalidade cujo fim não é ou está na obra musical, mas no efeito que ela provoca no ouvinte. Em função desse princípio, de natureza retórica, músicos seiscentistas e setecentistas balizaram o código musical de sua época.Área em crescimento no quadro das pesquisas nacionais, o campo próprio da poética retórico-musical estrutura-se a partir de questões próprias, que tratam de elementos diversos e até mesmo divergentes, decorrentes de enfoques específicos, característicos do processo de transformação do pensamento sobre as artes que conduziu ao advento da Estética. A concepção musical poético-retórica congrega tanto a teoria quanto a prática musical, e esta diretriz caracteriza o evento desde sua primeira edição.O VIII EPPM terá como tema principal de reflexão e debates as variadas intersecções entre Música e Palavra. Esta rica relação é apresentada no séc. XVIII por tratadistas que afirmam que a música é discurso sonoro: a Palavra é concreta, enquanto ideia, verbo ou signo, e a música, sua subordinada, ilustra e potencializa o seu significado em vários níveis, desde a carga emotiva à pura representação programática. Assim, através desta união criou-se um extenso código para os meios sonoros de expressão do afeto da alma.Em 2017 o VIII Encontro visa estreitar o diálogo com pesquisadores da Argentina, aproveitando para estender ao Departamento de Música o convênio já existente entre a ECA e a Universidad Nacional de las Artes (UNA), incluindo ainda uma parceria com o Conservatorio Superior de Musica "Manuel del Falla", o principal núcleo de Música Antiga da América Latina. Pretende-se, neste encontro, fomentar as discussões entre pesquisadores das universidades paulistas e da Argentina, no intuito de fortalecer uma relação cooperativa na produção intelectual e artística tanto de docentes como de estudantes. (AU)