Busca avançada
Ano de início
Entree

Métodos alternativos e inovadores de indução de plantas haploides, duplo-haploides e poliploides, visando sua aplicação no melhoramento

Processo: 16/21611-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de agosto de 2017 - 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Paulo Henrique Rocha Latado
Beneficiário:Paulo Henrique Rocha Latado
Empresa:Poligene Comércio e Serviços Ltda. - ME
Município: Rio Claro
Pesquisadores principais:Augusto Tulmann Neto
Bolsa(s) vinculada(s):17/21925-3 - Métodos alternativos e inovadores de indução de plantas haplóides, duplo-haplóides e poliplóides, visando sua aplicação no melhoramento, BP.TT
17/16021-8 - Métodos alternativos e inovadores de indução de plantas haploides, duplo-haploides e poliploides, visando sua aplicação no melhoramento, BP.PIPE
Assunto(s):Melhoramento genético vegetal  Poliploidia  Cultura de tecidos  Citometria de fluxo  Tabaco  Eucalipto 

Resumo

Esta proposta tem como objetivos desenvolver metodologias alternativas e inovadoras para indução de plantas duplo-haploides (DH) e poliploides (triploides e tetraploides), para as culturas do eucalipto e tabaco. Plantas haploides e DH possuem grande interesse para programas de melhoramento que envolvam a obtenção de linhagens endogâmicas, seguido de cruzamentos para restauração do vigor híbrido (heterose). Plantas triploides e tetraploides também possuem interesse por, geralmente, possuírem órgãos com maior tamanho, potencial maior tolerância a déficit hídrico e frutos sem sementes. Três grandes grupos de experimentos estão sendo propostos: a) Selecionar plantas de eucalipto com ploida distinta (haploide-n, triploide-3n ou tetraploide-4n) em plântulas de eucalipto germinadas in vitro, obtidas de lotes de sementes selecionadas para menor tamanho; b) Induzir plantas tetraploides estáveis de eucalipto pelo método de microenxertia in vitro; c) Induzir plantas DH de tabaco pelo método de cultura de anteras em meio contendo colchicina, antes da regeneração de plântulas. Espera-se que estes métodos alternativos apresentem maior eficiência, quer seja em relação à maior porcentagem de plantas obtidas com ploidia distinta, maior número de plantas poliploides estáveis e com eventual redução de labor e tempo para a sua obtenção. Há uma grande expectativa em relação à execução deste projeto de pesquisa/inovação tecnológica pois vislumbra que, ao final deste período, a empresa estará melhor estruturada, fisicamente e com corpo técnico, com a existência dos laboratórios de cultura de tecidos e de marcadores moleculares (a instalar) e de citometria de fluxo (já existente). Poderá então ampliar o seu escopo de atuação numa área correlata ao que já atua. A empresa poderá ofertar estes serviços inovadores aos seus clientes atuais e a novos clientes. Espera-se assim um crescimento real da estrutura da empresa e do faturamento. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.