Busca avançada
Ano de início
Entree

O Cráton Rio de la Plata e o Gondwana Ocidental

Processo: 15/03737-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de setembro de 2017 - 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Miguel Angelo Stipp Basei
Beneficiário:Miguel Angelo Stipp Basei
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Benjamim Bley de Brito Neves ; Mario da Costa Campos Neto ; Umberto Giuseppe Cordani ; Wilson Teixeira
Pesq. associados:Alice Westin Teixeira ; Antonio Roberto Saad ; Carlos Eduardo Ganade de Araujo ; Cláudia Regina Passarelli ; Colombo Celso Gaeta Tassinari ; Kei Sato ; Leonardo Fadel Cury ; Liliana Sayuri Osako ; Maria Helena Bezerra Maia de Hollanda ; Maria Irene Bartolomeu Raposo ; Marly Babinski ; Neivaldo Araujo de Castro ; Ossama Mohamed Milad Harara ; Oswaldo Siga Junior ; Paulo Roberto dos Santos ; Renata da Silva Schmitt ; Ruy Paulo Philipp
Auxílios(s) vinculado(s):19/04338-2 - Correlação geológica entre terrenos paleoproterozoicos do Cráton do São Francisco e cráton norte chinês, AV.EXT
18/06837-3 - Idades U-Pb e isótopos de HF em zircão magmático de granitos devoniano-carboníferos como monitores do crescimento crustal e contexto geodinâmico da margem pré-andina do Gondwana Ocidental, AV.EXT
18/04690-5 - Os enxames de diques máficos Flórida e Treinta e três (Uruguai): amostragem e Geocronologia U-Pb em badeleita (outras atividades na sede do projeto estão previstas), AV.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):19/06838-2 - Zonas de cisalhamento Brasilianas/Pan-Africanas no cinturão Kaoko e conexões com a América do Sul: evolução neoproterozóica e reativações fanerozoicas, BP.PD
19/02320-9 - Investigação das áreas fontes da Bacia do Paraná á partir do estudo isotópico de zircões detríticos: implicações para os modelos geodinâmicos da margem sudoeste do Gondwana, BP.PD
18/13611-1 - Caracterização da sedimentação e metamorfismo das sequências metavulcanossedimentares do sul da Faixa Ribeira, BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 18/06657-5 - Caracterização da sedimentação e do metamorfismo das unidades meta-vulcanosedimentares do Grupo Brusque, Cinturão Dom Feliciano, Sul do Brasil, BP.IC
18/04669-6 - Estudos isotópicos do domínio interno da Faixa Paraguai, BP.IC
18/00320-9 - Análises cristalográficas, deformacionais e termocronológicas dos milonitos da zona de cisalhamento de Taxaquara (São Paulo), BP.MS
17/18174-6 - Proveniência sedimentar dos segmentos internos da Faixa Paraguai: domínios paleogeográficos distais de uma margem passiva?, BP.DR
17/22898-0 - Técnicas de preparação de mounts e imageamento, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Geoquímica isotópica  Evolução tectônica  Cráton  Supercontinentes  Gondwana  Isótopos 

Resumo

O objetivo central deste projeto é caracterizar a evolução tectônica do Cráton Rio de la Plata (CRP), o desenvolvimento dos cinturões de dobramentos adjacentes, e a interação com os outros fragmentos continentais durante a formação de Gondwana Ocidental. O projeto é para um mínimo de cinco anos, com início em 2017 e terá a participação de 20 investigadores nacionais e 12 externos. Visa reunir um número de ações interligadas que podem ser resumidas em duas linhas principais de ação integrada: (1) implementação de novas técnicas geocronológico-isotópicas com a melhoria instrumental na USP e (2) estudo de detalhe da constituição geológica e estrutural do CRP bem como de suas relações tectônicas com o Terreno Pâmpia e os Crátons Paranapanema, Luiz Alves, Kalahari, Angola e Congo, e com os cinturões de dobramento circundantes. O projeto compila várias vertentes interligadas, que podem ser resumidas como segue: 1) propõe a esclarecer a construção e a dispersão dos supercontinentes Rodínia, Gondwana e Pangea; 2) as Ciências da Terra dependem da integração de estudos detalhados de campo com técnicas de laboratório. Os isótopos fornecem as idades das rochas e podem fornecer informações sobre suas origens crustal ou mantélica. As principais instalações de centros geocronológicos de pesquisa na América do Sul estão na USP (CPGeo), e seu progresso contínuo é fundamental para o avanço da pesquisa nas Ciências da Terra. Detalhadamente os objetivos são: (i) aquisição de uma fonte de Cs para SHRIMP para microanálises de oxigênio; (ii) implementação de protocolos para vários minerais e aprimoramento nas rotinas das análises de Sr, Nd e Pb em LA-ICPMS para resolução de problemas da evolução crustal; 3) para o CRP informações geológicas relacionadas com a formação e dispersão de um supercontinente permanecem limitadas, em comparação com outros crátons, como sua relação com fragmentos cratônicos vizinhos e sua posição inferida em Rodínia. Em parte, isso reflete a falta de pesquisas paleomagnéticas mesmo que em termos tectonoestratigráficos. Assim o RPC será caracterizado em detalhe, principalmente na sua composição e geologia estrutural e suas relações com os terrenos Pâmpia (Pa), Paranapanema (Pr), Luiz Alves (LA), Kalahari (K), Angola (Ag) e Congo (Co) e as faixas móveis adjacentes. Este objetivo será atingido através do estudo geológico coordenado de cinco áreas-alvo em todo o CRP. Em todas as áreas, o foco será sobre a composição, idade e evolução crustal: a) domínio central do CRP - constituição, caracterização de seu embasamento e de sua cobertura; b) o domínio N-NW - interação entre os crátons Rio de la Plata e Paranapanema e as correlações destes segmentos com as Províncias Tocantins e Mantiqueira; c) domínio S - caracterização das margens sul do CRP e suas relações com a Patagônia; d) domínio W - relações entre o CRP e o Terreno Pampia; e) domínio oriental - interação do CRP e Congo-Kalahari, desenvolvimento da Província Mantiqueira e dos cinturões de dobramento do SW da África; 4) o objetivo final é para melhorar e assegurar a formação e liderança científica. Este projeto destina-se a expandir a escala do nosso conhecimento na busca de rochas manto-derivadas, geração e evolução da crosta continental e seus recursos preservados. Problemas de correlação entre as associações da rocha e processos dentro e fora da América do Sul são questões essenciais que exigem abordagens semelhantes por diferentes grupos de trabalho em diferentes áreas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pós-doutorado em Geociências com Bolsa da FAPESP 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PASSARELLI, CLAUDIA R.; VERMA, SANJEET K.; MCREATH, IAN; BASEI, MIGUEL A. S.; SIGA, JR., OSWALDO. Tracing the history from Rodinia break-up to the Gondwana amalgamation in the Embu Terrane, southern Ribeira Belt, Brazil. LITHOS, v. 342, p. 1-17, OCT 2019. Citações Web of Science: 1.
HUECK, MATHIAS; STIPP BASEI, MIGUEL ANGELO; WEMMER, KLAUS; ORIOLO, SEBASTIAN; HEIDELBACH, FLORIAN; SIEGESMUND, SIEGFRIED. Evolution of the Major Gercino Shear Zone in the Dom Feliciano Belt, South Brazil, and implications for the assembly of southwestern Gondwana. INTERNATIONAL JOURNAL OF EARTH SCIENCES, v. 108, n. 2, p. 403-425, MAR 2019. Citações Web of Science: 1.
QUIROZ-VALLE, FRANCY ROXANA; STIPP BASEI, MIGUEL ANGELO; LINO, LUCAS MARTINS. Petrography and detrital zircon U-Pb geochronology of sedimentary rocks of the Campo Alegre Basin, Southern Brazil: implications for Gondwana assembly. BRAZILIAN JOURNAL OF GEOLOGY, v. 49, n. 1 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.