Busca avançada
Ano de início
Entree

Novas fronteiras no combate à obesidade: educação em saúde digital como coadjuvante no processo clínico interdisciplinar

Processo: 17/07372-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2017 - 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Ana Raimunda Dâmaso
Beneficiário:Ana Raimunda Dâmaso
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Lila Missae Oyama
Assunto(s):Educação em saúde  Obesidade  Tecido adiposo  Metabolismo dos lipídeos  Balanço de energia  Termogênese  Terapia comportamental  Mulheres 

Resumo

Introdução: A obesidade é caracterizada como uma doença complexa, multifatorial e crônica, com consequências biológicas e sociais desencadeadoras de diversas comorbidades que diminuem a qualidade e expectativa de vida. Os números crescentes de pessoas acometidas por sobrepeso e obesidade aumentam o desenvolvimento de modelos de intervenções para adequação do estilo de vida pautadas na regulação do balanço energético que frequentemente colidem com problemas de motivação, barreiras ambientais e pessoais dificultando o sucesso, implementação e a adesão aos programas. Nesta perspectiva, os meios eletrônicos e o fácil acesso à internet podem ser aliados de programas de emagrecimento estruturados e embasados cientificamente por agregar inúmeras ferramentas educacionais, de controle e de comunicação. Objetivo: O objetivo principal deste estudo é verificar a influência do modelo de intervenção semipresencial e multidisciplinar com orientações de estilo de vida em mulheres adultas obesas. Metodologia: Serão selecionados 300 mulheres adultas obesas, com idades entre 20 a 45 anos, classificados com obesidade de acordo com o Índice de Massa Corporal (IMC). As voluntárias serão submetidos 12 semanas de terapia multidisciplinar semipresencial com avaliação física, orientação dietética e de atividades físicas, com suporte online através de emails, whatsapp®, mídias sociais e vídeos com temas educativos sobre obesidade em uma plataforma online. Após a seleção (basal) e do período de intervenção, os pacientes realizarão a análise da composição corporal, análise do nível de atividade física, análises bioquímicas (glicose, insulina, perfil lipídico - colesterol total, frações e triglicérides, marcadores do balanço energético - adiponectina, leptina, NPY e dos marcadores de transdiferenciação celular - FGF-21 e peptídeo natriurético atrial) e pressão arterial (PA). Serão calculados os índices de resistência à insulina (HOMA-IR) e sensibilidade a insulina (QUICKI). O protocolo será composto por três sessões presenciais com apoio em grupo que trabalharão as dificuldades encontradas no estilo de vida, incluindo hábitos alimentares, exercício físico e motivação durante todo o protocolo por meios eletrônicos. Nestes encontros serão aplicados os questionários para investigação de sintomas de depressão, ansiedade, bulimia, auto-imagem corporal, alteração de humor, nível de atividade física, freqüência alimentar, rastreamento metabólico, hábitos alimentares, registro alimentar de três dias, qualidade de vida e feitas medidas antropométricas de peso, estatura, circunferências, PA e composição corporal. Nas semanas não presenciais o peso será monitorado por auto relato e ao final de toda semana os voluntários responderão um quiz de perguntas sobre os temas trabalhados. A análise do reganho de peso pós-intervenção será feita via meios eletrônicos durante 12 e 24 semanas subsequentes aos estudos. Os resultados serão analisados utilizando o software Statistica versão 7.0. Será verificada a normalidade dos dados e o comportamento das variáveis durante a intervenção será analisada pelo o teste ANOVA para medidas repetidas com adotando p d 0,05. Será verificado o comportamento de dependências das variáveis por regressão linear simples. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARTINS FERREIRA, YASMIN ALABY; PELISSARI KRAVCHYCHYN, ANA CLAUDIA; FERREIRA VICENTE, SOFIA DE CASTRO; DA SILVEIRA CAMPOS, RAQUEL MUNHOZ; TOCK, LIAN; OYAMA, LILA MISSAE; BOLDARINE, VALTER TADEU; LANDI MASQUIO, DEBORAH CRISTINA; THIVEL, DAVID; SHIVAPPA, NITIN; HEBERT, JAMES R.; DAMASO, ANA R. An Interdisciplinary Weight Loss Program Improves Body Composition and Metabolic Profile in Adolescents With Obesity: Associations With the Dietary Inflammatory Index. FRONTIERS IN NUTRITION, v. 6, JUN 3 2019. Citações Web of Science: 0.
DA SILVEIRA CAMPOS, RAQUEL MUNHOZ; LANDI MASQUIO, DEBORAH CRISTINA; CORGOSINHO, FLAVIA CAMPOS; CARANTI, DANIELLE ARISA; GANEN, ALINE DE PIANO; TOCK, LIAN; OYAMA, LILA MISSAE; DAMASO, ANA RAIMUNDA. Effects of magnitude of visceral adipose tissue reduction: Impact on insulin resistance, hyperleptinemia and cardiometabolic risk in adolescents with obesity after long-term weight-loss therapy. Diabetes & Vascular Disease Research, v. 16, n. 2, SI, p. 196-206, MAR 2019. Citações Web of Science: 1.
PELISSARI KRAVCHYCHYN, ANA CLAUDIA; DA SILVEIRA CAMPOS, RAQUEL MUNHOZ; CORGOSINHO, FLAVIA CAMPOS; LANDI MASQUIO, DEBORAH CRISTINA; DE CASTRO FERREIRA VICENTE, SOFIA EMANUELLE; MARTINS FERREIRA, YASMIN ALABY; SILVA, PATRICIA LEAO; GANEN, ALINE DE PIANO; OYAMA, LILA MISSAE; TOCK, LIAN; DE MELLO, MARCO TULIO; TUFIK, SERGIO; DAMASO, ANA RAIMUNDA. The Long-Term Impact of High Levels of Alpha-Melanocyte-Stimulating Hormone in Energy Balance Among Obese Adolescents. ANNALS OF NUTRITION AND METABOLISM, v. 72, n. 4, p. 279-286, 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.