Busca avançada
Ano de início
Entree

Efetividade de tratamentos preventivos na erosão de dentina: estudo in vitro e in situ

Processo: 16/23193-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2017 - 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Juliana Jendiroba Faraoni
Beneficiário:Juliana Jendiroba Faraoni
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Marília Afonso Rabelo Buzalaf
Assunto(s):Dentística  Odontologia preventiva  Erosão dentária  Abrasão dentária  Dentina  Técnicas in vitro  Estudo in situ 

Resumo

O objetivo desta pesquisa será avaliar in vitro e in situ a efetividade de diferentes tratamentos preventivos sobre a dentina (com e sem abrasão) contra a erosão dentária. Para a fase in vitro, serão obtidos 260 fragmentos de dentina radicular (4x3mm) a partir de incisivos bovinos. Metade de cada fragmento será exposta aos tratamentos/desafios erosivos (ácido clorídrico na forma líquida e gasosa). Esta etapa do estudo será fatorial (5x2), tendo como fatores de estudo o Tratamento Superficial em 5 níveis: ausência de tratamento (GC); epigalocatequina-3-galato (EGCG); epigalocatequina-3-galato + quitosana (EGCGq), verniz à base de 4% TiF4; laser Er,Cr:YSGG (0,5W- 8.92 J/cm2) + verniz à base de 4% TiF4 e a Erosão em 2 níveis: HCll (pH=1,2, 6x/dia/20s) e HClg (pH=1,2, 6x/dia/20s) durante 6 dias. A abrasão será realizada com escovas elétricas por 10s/200gf com uso de dentifrício. As análises utilizadas serão: perda de volume, degrau, perfil de desgaste, rugosidade por meio de microscopia confocal a laser 3D (LEXT OLS4000, Olympus), alterações químicas, nanoidentação e microrradiografia transversal. Para a fase in situ, 30 voluntários serão selecionados e divididos em 2 grupos: Controle-saudável e DRGE-diagnosticado ou com suspeita da doença (com erosão dentária). Serão obtidos 90 espécimes (2x2x2) de dentina radicular bovina que serão submetidos ao ambiente bucal com os tratamentos preventivos: GC, os dois grupos que apresentarem melhor comportamento, em dois períodos (15 e 30 dias). As análises utilizadas serão: perda de volume, degrau, perfil de desgaste, rugosidade através de microscopia confocal a laser 3D (LEXT OLS4000, Olympus). Os dados obtidos serão analisados segundo os mesmos critérios do estudo in vitro e submetidos aos testes ANOVA e Tukey (p<0,05). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PALMA-DIBB, REGINA GUENKA; REGO ROSELINO, LOURENCO DE MORAES; NETO, PEDRO TURRINI; FARAONI, JULIANA JENDIROBA. Strategies to Inactivate the Endogenous Dentin Proteases to Promote Resin-Dentin Bond Longevity in Adhesive Dentistry: A Critical Review. REVIEWS OF ADHESION AND ADHESIVES, v. 5, n. 4, p. 391-413, DEC 2017. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.