Busca avançada
Ano de início
Entree

Biogeografia global, espécies crípticas e sistemática do gênero de camarões Hippolyte Leach, 1814 (Decapoda: Caridea: Hippolytidae) por análise multigenes

Processo: 17/12427-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de setembro de 2017 - 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Fernando Luis Medina Mantelatto
Beneficiário:Fernando Luis Medina Mantelatto
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biogeografia  Filogenia molecular 

Resumo

Hippolyte é um gênero de camarões marinhos de tamanho pequeno, com uma distribuição global. Aqui, estudamos as relações filogenéticas e biogeográficas entre as espécies deste gênero com dois marcadores mitocondriais e dois nucleares, usando Inferência Bayesiana, Máxima Verossimilhança, divergência genética, relógio molecular e S-DIVA. Além disso, o gênero Indo-Oeste do Pacífico, Alcyonohippolyte, foi incluído. Com base em sequências de 57 espécimes de 27 espécies, recuperamos um robusto cenário biogeográfico que mostra o Indo-oeste Pacífico como a provável área ancestral do gênero Hippolyte, que surgiu no Paleoceno, seguido de dispersão em três direções gerais: (1) Pacífico Sul, (2) Atlântico oriental e Mar Mediterrâneo e (3) Américas, o último com uma colonização primária no Pacífico oriental seguido de uma radiação para o Atlântico Ocidental. Nossa análise revela que as espécies do grupo H. ventricosa não constituem um grupo monofilético e que Alcyonohippolyte não constitui um grupo monofilético recíproco para Hippolyte, com ambos os gêneros aqui sinonimizados. As relações e o status sistemático de várias espécies trans-istmícas e atlânticas são esclarecidas. (AU)