Busca avançada
Ano de início
Entree

O efeito do laser de baixa intensidade de 780nm na modulação das metaloproteinases de matriz em tendões calcâneos parcialmente lesionados

Resumo

O LBI de 780nm apresenta-se como um recurso promissor no tratamento das lesões do tendão calcâneo - que possuem processo de reparo lento e dificultoso - uma vez que demonstra efeitos anti-inflamatórios e regenerativos destas lesões. Entretanto, ainda há incertezas destes efeitos benéficos do LBI de 780nm no controle da presença das MMP - especialmente das MMP-1, 3 e 13 - que são fatores pró-inflamatórios secundários, porém com efeitos deletérios, agravantes e lentificadores do processo de reparo do tendão calcâneo lesionado. Métodos: Foram utilizados sessenta e cinco ratos Wistar machos; sendo que sessenta foram submetidos a lesão parcial do tendão calcâneo (trauma direto) e aleatoriamente distribuídos em seis grupos: LASER 1 (aplicação única de LBI), LASER 3 (três aplicações de LBI) e LASER 7 (sete aplicações de LBI) e seus respectivos grupos Sham: 1, 3 e 7 (submetidos a mesma lesão, porém foram realizadas simulações de aplicação do LBI). Os cinco animais remanescentes foram alocados no grupo controle (nenhuma lesão ou procedimento realizado). O LBI (780nm) foi aplicado com 70mW de potência média e 17,5J/cm2 de fluência por 10 segundos, uma vez por dia. Os tendões foram cirurgicamente removidos e serão analisados por imunohistoquímica para MMP-1, MMP-3 e MMP-13. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)