Busca avançada
Ano de início
Entree

Atenção à criança em serviços de saúde: da oportunidade à integralidade do cuidado

Processo: 17/04906-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2017 - 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Pediátrica
Pesquisador responsável:Maria Cândida de Carvalho Furtado
Beneficiário:Maria Cândida de Carvalho Furtado
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Débora Falleiros de Mello
Assunto(s):Pesquisa sobre serviços de saúde  Acesso aos serviços de saúde  Indicadores de saúde  Assistência integral à saúde  Saúde da criança 

Resumo

Apesar de esforços empreendidos no caminho de uma atenção qualificada à saúde da criança e que responda às suas demandas, ainda persistem indicadores de saúde nessa faixa etária que revelam a importância de considerar como tem se dado a oferta do cuidado, no que se refere ao acesso e a oportunidade da criança em ter atendidas as suas necessidades de saúde e, com isso impulsionar a redução da morbimortalidade. Este estudo objetiva, portanto, investigar a atenção à criança, na perspectiva do acesso e da integralidade do cuidado, em serviços de saúde de três municípios do Brasil, um na região sudeste e dois na região sul. Para tanto, lança-se mão de olhar a criança com especial atenção para indicadores de saúde como mortalidade infantil e imunização, assim como o acesso às ações em saúde, a partir de identificação precoce de condições clínicas passíveis de atendimento na Atenção Primária, somado ao encaminhamento à serviço especializado mediante risco para desenvolvimento, de modo a permitir atendimento integral e resolutivo. Trata-se de pesquisa avaliativa, com dados coletados mediante entrevistas com pais/responsáveis de crianças atendidas nos serviços de saúde (atenção básica e hospitalar). Também serão obtidos dados de atendimentos em serviços especializados e programas de gestão da atenção à criança. A contribuição se revela ao viabilizar investigação de ações em saúde que identifiquem ferramentas para qualificar a assistência. Os resultados têm potencial para oferecer subsídios aos serviços de saúde não somente dos municípios investigados, como também em outras localidades, regional ou nacional, que ainda requerem um olhar para a criança de forma integral, proporcionando o acesso ao cuidado em tempo oportuno, com repercussão positiva nos indicadores de saúde infantil. (AU)