Busca avançada
Ano de início
Entree

Estresse oxidativo associado a porfírias caracterizadas por sobrecarga de ácido 5-aminolevulínico

Processo: 96/00154-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de outubro de 1996 - 31 de agosto de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Etelvino José Henriques Bechara
Beneficiário:Etelvino José Henriques Bechara
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):00/02161-1 - Etsuo Niki | Research Center for Advanced Science and Technology - Japão, AV.EXT
99/09913-0 - Model studies of schiff base oxidation by peroxynitrite leading to triplet carbonyls., AR.EXT
99/08298-0 - Cloning and molecular characterization of the cdna for brazilia larval click-beetle pyrearinus termitilluminans luciferase., PUB.ART
98/13064-5 - Peroxynitrie-initiated chemiluminescent reaxctions with aldehydes and beta-diketones., AR.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):98/11190-3 - Estudos mecanísticos de lesões oxidativas em biomoléculas por aminoacetona, BP.DR
98/03740-3 - Conversao da colchicina em lumicolchicinas: um processo fotoquimico na ausencia de luz?, BP.PD
98/01318-2 - Formacao de especies tripletes na peroxidacao lipidica catalisada por peroxinitrito., BP.PD
+ mais bolsas vinculadas 97/13538-4 - Estresse oxidativo por aminoacetona. conexoes com treoninemia e a sindrome de cri-du-chat., BP.PD
97/07865-2 - Interactions of ascorbate bioflavonoids and redox biofactors in cytochrome c - induced peroxidative stress and apoptosis., BP.PD
97/07139-0 - Producao de especies tripletes resultantes da atividade peroxidatica de citocromos sobre compostos carbonilicos e hidroperoxidos., BP.PD
97/02249-1 - Geracao de produtos tripletes na oxidacao de enois por peroxinitrito., BP.IC - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Estresse oxidativo  Porfirias  Radicais livres  Saturnismo  Ácido aminolevulínico 

Resumo

O projeto propõe a investigação dos mecanismos moleculares implicados nas manifestações clínicas de porfirias em que se acumula o acido 5-aminolevulínico (ALA), entre elas, a porfiria aguda intermitente e o saturnismo. Nossa hipótese é que ALA atua como pró-oxidante endógeno e induz lesões oxidativas em DNA, proteínas e membranas, além de estruturas supramoleculares. Há interesse especial no estudo dos mecanismos de lipoperoxidação, oxidação de bases do DNA e de regulação da homeostase de ferro. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)