Busca avançada
Ano de início
Entree

Imaginário: construir e habitar a terra - cidades "inteligentes" e poéticas urbanas

Processo: 17/16743-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de novembro de 2017 - 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Artur Simões Rozestraten
Beneficiário:Artur Simões Rozestraten
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50937-1 - INCT 2014: da Internet do Futuro, AP.TEM
Assunto(s):Cidades inteligentes  Imaginário  Imagem  Representações 

Resumo

Esta publicação reúne 15 textos de pesquisadores brasileiros ligados a Universidade de São Paulo e a outras Universidades brasileiras e dois textos de colaboradores estrangeiros que foram produzidos para o Colóquio Internacional ICHT2016 (FAPESP 2015/09805-7) com o intuito de ampliar as fronteiras do pensamento sobre as cidades no século XXI, considerando especialmente as interações entre as especificidades do contexto urbano brasileiro e o cenário internacional.Diante da contemporaneidade do tema das Smart Cities, que parece afunilar a noção de inteligência em mera eficiência produtiva, a publicação reflete e debate o tema das cidades inteligentes e poéticas urbanas considerando o imaginário do Construir e do Habitar a Terra no mundo contemporâneo. Afinal, o que é uma cidade inteligente? Quais parâmetros poderiam defini-la? A cidade inteligente é um fenômeno inédito ou algo intrínseco ao construir e habitar a Terra? Estariam poética e inteligência em pólos antagônicos ou unidas neste processo? Que perspectivas críticas se delineiam hoje quanto ao construir e habitar a Terra? Que experiências e proposições projetuais apontam alternativas e demandam reflexões? Como as poéticas urbanas interagem, tensionam, subvertem e transformam as abordagens e questões em pauta? (AU)