Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU: aquisição de um citômetro de fluxo (cell sorter) para o Departamento de Engenharia Química da EPUSP

Processo: 17/13916-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de outubro de 2017 - 30 de setembro de 2024
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
Pesquisador responsável:Reinaldo Giudici
Beneficiário:Reinaldo Giudici
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/50684-9 - Sustainable gas pathways for Brazil: from microcosm to macrocosm, AP.TEM
Assunto(s):Reatores químicos  Citometria de fluxo  Biotecnologia  Reatores biológicos  Equipamentos multiusuários 
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Agendamento de uso: E-mail de agendamento não informado

Resumo

O equipamento de citometria de fluxo na modalidade cell sorter proposto neste projeto permite a análise em nível de célula individual de populações de microrganismos, leveduras, fungos e células animais ou vegetais. Por ser um equipamento de alto rendimento, em cada análise são coletados dados de centenas de milhares de organismos. Esta caracterização da variabilidade fisiológica de uma população é de importância fundamental para o estudo da dinâmica de populações de culturas puras ou de consórcios microbianos em processos de biotecnologia industrial e ambiental. O diferencial importante deste equipamento é a função cell sorter, a qual permite selecionar organismos da população com características específicas definidas pelo pesquisador. Esta ferramenta será de importância fundamental para acelerar a seleção de variantes de organismos mais eficientes para catálise de processos. No caso de trabalhos com consórcios, esta ferramenta permitirá isolar subpopulações de interesse para estudo mais detalhado de suas funções biológicas. Este equipamento beneficiará todos os projetos de biotecnologia em andamento no Departamento, entre os quais se incluem os trabalhos de desenvolvimento de biorreatores para tratamento de resíduos sólidos da indústria da cana, de extração de metais básicos de rejeitos de mineração de cobre, de biorremediação de poluentes orgânicos e inorgânicos, fermentação para produção de etanol de segunda geração, etc. Entre os projetos em andamento que se beneficiarão deste equipamento se incluem FAPESP/NERC 2015/50684-9 Sustainable gas pathways for Brazil: From microcosm to macrocosm, FAPESP/SABESP 2013/50435-3 Sistemas de separação por membranas para o abastecimento público: mecanismos de contratação de projetos e tratamento de águas subterrâneas contaminadas, BNDES/VALE/USP Recuperação de rejeitos de minas de cobre. (AU)