Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos sobre mecanismos de diferenciação celular durante o desenvolvimento embrionário inicial em bovinos

Processo: 17/09576-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de dezembro de 2017 - 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Marcelo Demarchi Goissis
Beneficiário:Marcelo Demarchi Goissis
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:José Antonio Visintin ; Mayra Elena Ortiz D' Avila Assumpcao
Bolsa(s) vinculada(s):19/21303-8 - Efeito da inibição dos receptores de fator de crescimento fibroblástico na diferenciação do endoderma primitivo em embriões bovinos produzidos in vitro, BP.IC
19/22798-0 - Efeito do fator de crescimento de fibroblasto 4 (FGF4) na diferenciação do endoderma primitivo em embriões bovinos, BP.IC
19/22649-5 - Avaliação funcional do gene NANOG na segregação de linhagens celulares em embriões bovinos, BP.MS
+ mais bolsas vinculadas 19/03014-9 - Inserção de gene repórter fluorescente em região gênica de Sox2 para estudo da diferenciação celular no desenvolvimento embrionário inicial bovino, BP.MS
18/18924-8 - Influência da via de sinalização Hippo na segregação entre a massa interna celular e o trofectoderma em embriões bovinos, BP.MS
18/08285-8 - Influência da contratilidade celular na formação do domínio apical e na segregação de linhagens celulares no embrião bovino, BP.IC
17/25574-0 - Estudos sobre mecanismos de diferenciação celular durante o desenvolvimento embrionário inicial em bovinos, BP.JP - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Diferenciação celular  Embriogênese animal  Endoderma  Bovinos  Mamíferos 

Resumo

Os primeiros eventos de diferenciação celular em mamíferos ocorrem antes da implantação embrionária. Estes consistem na separação entre a massa celular interna e o trofectoderma, seguida pela separação entre epiblasto e endoderma primitivo dentro da massa celular interna. Os mecanismos moleculares que controlam essa diferenciação podem envolver desde polarização celular à expressão temporal de fatores de transcrição específicos. Dados recentes indicam que o desenvolvimento embrionário inicial bovino seria um bom modelo para humanos. O presente projeto visa estudar diferentes mecanismos que possam estar relacionados a diferenciação das primeiras linhagens celulares no desenvolvimento do embrião. São propostos experimentos para testar hipóteses relacionadas ao primeiro e segundo eventos de diferenciação celular embrionária. Pretende-se avaliar a influência da polarização celular e a atividade da via de sinalização Hippo na segregação de massa interna celular e trofectoderma; para depois tentar identificar fatores pontuais que controlem esse evento. Será também testada a participação dos fatores de transcrição NANOG e GATA6 na separação do epiblasto e endoderma primitivo. Os experimentos envolverão o uso de moléculas inibidoras, edição gênica mediada por CRISPR/Cas9 e avaliação global da expressão gênica de células individualizadas. Espera-se com este projeto obter uma maior compreensão dos mecanismos envolvidos nas primeiras decisões de diferenciação do embrião bovino. O maior conhecimento desses mecanismos pode auxiliar no entendimento de problemas associados à técnicas de fertilização in vitro, clonagem e cultivo de células pluripotentes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Mestrado em embriologia com bolsa da FAPESP