Busca avançada
Ano de início
Entree

Plano anual de aplicação da reserva técnica para infraestrutura institucional de pesquisa

Resumo

A fazenda experimental de Sertãozinho-SP (Centro APTA Bovinos de Corte) possui cerca de 2200 ha divididos em áreas de pastagens, infraestrutura e reserva ambiental. A infraestrutura do Centro de Bovinos de Corte comporta o desenvolvimento dos mais variados experimentos com bovinos: rebanho de 2000 cabeças das raças Nelore, Guzerá, e Caracu; 150 baias individuais para confinamento, sistema de alimentação automático GrowSafe, com registro de consumo individual de alimentos e informações de comportamento alimentar, com capacidade para 100 animais em fase de crescimento; piquetes com sistema de lotação rotacionado; pastagens de diferentes espécies; troncos, balanças e currais de manejo. Além disso, neste centro é realizada a Prova de Ganho de Peso, teste de desempenho animal com mais de 60 anos de tradição, com avaliação e seleção de animais superiores para ganho de peso e consumo alimentar residual. O Instituto de Zootecnia desenvolve também um projeto de pesquisa com sistemas integrados de produção agropecuária, além de projetos nas áreas de bovinos de leite e ovinos. O Instituto de Zootecnia ainda conta com a Comissão de Ética no Uso de Experimentação Animal, pela qual todos os projetos de pesquisa envolvendo animais são avaliados. Toda a infraestrutura do Instituto de Zootecnia (laboratórios, rebanhos, instalações experimentais, biblioteca, salas de aula, etc.) é disponibilizada para os alunos do Programa de Pós-Graduação em Produção Animal Sustentável (PPG-PAS) do Instituto de Zootecnia, que possuem casa do estudante para residirem além da hospedaria que podem ficar alojados (em Nova Odessa e em Sertãozinho). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)