Busca avançada
Ano de início
Entree

A construção da educação integral: projeto político pedagógico participativo e democrático

Processo: 17/14814-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2017 - 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Administração Educacional
Pesquisador responsável:Pedro Ganzeli
Beneficiário:Pedro Ganzeli
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados: Ana Elisa Spaolonzi Queiroz Assis ; Andrea dos Anjos Cassado ; Carolina da Silva Costa ; Cristiane Machado ; Kanila dos Santos Moraes ; Rosane Garcia Dorazio Nogueira
Assunto(s):Educação integral  Gestão democrática da educação  Planejamento participativo  Direito à educação  Democratização do ensino 

Resumo

Na história da educação brasileira verificamos políticas e experiências educativas que buscaram, a partir de um determinado projeto societário, promover a educação integral aos cidadãos, sendo um marco histórico o Manifesto dos Pioneiros da Escola Nova em 1932. Em janeiro de 2014 foi instituído na rede municipal de educação de Campinas, SP o "Projeto Piloto 'Escola de Educação Integral - EEI'", pelo Decreto nº 18.242. A normativa criou a jornada de 24/40 horas-aula - Integral I, garantindo a permanência do professor em uma única unidade escolar, e determinou que os componentes curriculares, tempos e espaços pedagógicos da EEI deveriam ser organizados por Eixos de Trabalho, definidos pelos órgãos colegiados das unidades educacionais e das equipes educativas dos órgãos descentralizados da Secretaria Municipal de Educação de Campinas. No ano de 2014 duas unidades escolares foram transformadas em Escolas de Educação Integral e no ano de 2015 mais três unidades passaram a integrar o Projeto Piloto. Este programa promoveu a mobilização da equipe gestora e demais profissionais da unidade escolar a produzirem um projeto político pedagógico diferenciado em decorrências novas demandas e determinações previstas no Projeto Piloto, o que nos levou a questionar: como a Escola de Educação Integral está construindo o seu projeto de forma a atender as premissas participativas e democráticas previstas para a unidade escolar? O objetivo da pesquisa é acompanhar o processo de elaboração, execução e avaliação do projeto político pedagógico da Escola de Educação Integral "Raul Pila", da rede municipal de educação de Campinas/SP, buscando compreender os fatores que favorecem ou dificultam a construção da concepção de Educação Integral na perspectiva da educação democrática e participativa. O processo de acompanhamento do dia a dia da organização político pedagógica da unidade escolar está fundamentado na metodologia da pesquisa-ação. A organização do trabalho de pesquisa envolve dois grupos de pesquisadores: pesquisadores externos, provenientes da universidade e os pesquisadores internos, sujeitos que participam do dia a dia escolar e que se dispõem a produção da pesquisa. Com o desenvolvimento da pesquisa, busca-se a formação de um 'pesquisador coletivo', implicado na explicação da dinâmica da realidade investigada. Para o acompanhamento do trabalho da equipe gestora organizaremos reuniões quinzenais entre todos os pesquisadores, observação de reuniões pedagógicas na unidade escolar. Utilizaremos como instrumentos de coleta de dados: diário de campo e entrevistas semiestruturadas. Os documentos oficiais serão investigados tendo como referência metodológica a Análise de Conteúdo conforme os estudos de Maria Laura Barbosa Franco (2008). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)