Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de médio e longo prazos da educação infantil e das habilidades socioemocionais: uma análise a partir dos dados longitudinais de Sertãozinho/SP

Processo: 17/08840-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2017 - 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economia do Bem-estar Social
Pesquisador responsável:Luiz Guilherme Dácar da Silva Scorzafave
Beneficiário:Luiz Guilherme Dácar da Silva Scorzafave
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEARP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados: Carolina Moraes Sarmento de Assis ; Daniel Domingues dos Santos ; Denis da Silva Moreira ; Diego Menezes dos Santos Pinheiro ; Elaine Toldo Pazello ; Filip de Fruyt ; Gabriel Leal Silva ; Henrique Lima de Siqueira ; Izabelle Marques Silva de Carvalho ; João Pedro de Andrade Rosa ; João Pedro Souza Lavinas ; Leonardo de Vitto ; Oliver John ; Ricardo Primi ; Vanessa Aparecida Antunes Castello Branco de Lima ; Vinícius Godoy Princiotti ; Vitória Olivier Natal
Bolsa(s) vinculada(s):18/06337-0 - Suporte ao processo de coleta e tratamento dos dados da pesquisa longitudinal de Sertãozinho: onda de 2017, BP.TT
Assunto(s):Desenvolvimento infantil  Economia da educação  Estudos longitudinais 

Resumo

Não existem estudos no Brasil sobre o impacto de médio e longo prazo da primeira infância e das habilidades socioemocionais sobre o desenvolvimento dos indivíduos. No caso da primeira infância, em geral os estudos apresentam evidências apenas sobre o impacto da creche e da pré-escola sobre a habilidade cognitiva dos alunos e essas evidências não são confiáveis. No caso das habilidades socioemocionais, os estudos as correlacionam contemporaneamente com medidas de habilidades cognitivas dos alunos. Neste projeto, propomos uma nova coleta de dados de uma coorte de alunos, que dará continuidade a dois levantamentos de dados já realizados anteriormente no município de Sertãozinho/SP em 2008 e 2012. Serão coletadas informações sobre habilidades cognitivas (linguagem e matemática) e habilidades socioemocionais dos alunos. Neste projeto nós faremos uma atualização dos dados coletados por Felício et al (2012) em 2008 e por Pazello et al. (2013) em 2012. Felício et al. (2012) coletaram dados sobre todos os alunos da 2ª série do ensino fundamental em Sertãozinho e também aplicaram uma avaliação de alfabetização a esses alunos. Os dados coletados por Felício et al. (2012) são únicos no sentido de que possuem informações sobre quantos anos os alunos passaram na creche e nas instituições pré-escolares e não apenas se fizeram ou não creche ou pré-escola. Já Pazello et al. (2013), adicionou mais informações sobre a educação infantil nos questionários, aplicou uma avaliação cognitiva e um instrumento para mensurar habilidades socioemocionais. Com os novos dados a serem coletados em 2017, teremos dados para esta coorte aos 8, 12 e agora 17 anos, podendo, pela primeira vez no Brasil, acompanhar o desenvolvimento socioemocional e cognitivo com dados longitudinais. Com isso, pretendemos apresentar estimativas confiáveis dos impactos de longo prazo da educação infantil e das habilidades socioemocionais. (AU)