Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU: aquisição de microscópio eletrônico de transmissão para criomicroscopia eletrônica de partículas isoladas - estabelecimento de uma instalação aberta de criomicroscopia eletrônica no CNPEM

Processo: 17/15340-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de dezembro de 2017 - 30 de novembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Rodrigo Villares Portugal
Beneficiário:Rodrigo Villares Portugal
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Andre Luis Berteli Ambrosio ; Edson Roberto Leite ; Kleber Gomes Franchini ; Marin Gerard van Heel ; Otavio Henrique Thiemann ; Pedro Ismael da Silva Junior ; Richard Charles Garratt ; Roberto Kopke Salinas ; Sandra Martha Gomes Dias ; Shaker Chuck Farah
Assunto(s):Biologia estrutural  Microscopia eletrônica de transmissão  Microscópio eletrônico  Equipamentos multiusuários 
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Agendamento de uso: E-mail de agendamento não informado

Resumo

O Microscópio Eletrônico de Transmissão (MET), desde a sua invenção na década de 1930, vem desempenhando um papel fundamental na visualização dos processos da vida. Muitas técnicas de preparação de espécimes foram desenvolvidas para visualizar amostras biológicas, incluindo Microscopia Eletrônica Criogênica ou Criomicroscopia Eletrônica ("crio-ME"), que é tipicamente utilizada para elucidar a estrutura de complexos macromoleculares imersos em gelo vítreo. O congelamento rápido de amostras biológicas hidratadas preserva-as em estado próximo ao nativo em "gelo vítreo", protegendo a amostra contra o dano estrutural causado pela recristalização do meio e também contra o dano de radiação ocasionado pelo feixe de elétrons. O objetivo deste projeto é instalar um microscópio eletrônico criogênico de 300kV de alto desempenho no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) - Centro Brasileiro de Pesquisa em Energia e Materiais -, criando uma instalação avançada de crio-ME para servir o Brasil e toda a América Latina. A instalação oferecerá a infraestrutura e experiência necessárias em: microscopia eletrônica para biologia estrutural; caracterização de amostras imersas em gelo vítreo; e tomografia de elétrons. O CNPEM é uma organização sem fins lucrativos ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia, composta por quatro laboratórios nacionais dedicados à pesquisa e manutenção de instalações de acesso aberto em: biociências; bioetanol; nanotecnologia; bem como um sincrotron. A instalação de microscopia eletrônica está em operação há 17 anos, apoiando centenas de projetos de pesquisa e treinando com sucesso uma geração inteira de microscopistas eletrônicos. O microscópio eletrônico solicitado neste projeto incorporará vários desenvolvimentos tecnológicos de ponta, destinados a aumentar a qualidade e a taxa de aquisição dos dados. Isso inclui: porta-amostras integrados estáveis; coleta automática de dados 24/7; filtros de energia; "phase-plates" e modernos detectores direto de elétrons. O CNPEM tem uma história de colaboração em microscopia eletrônica com grupos de pesquisa do Brasil - muitos deles do Estado de São Paulo - e de outros países da América Latina. Este ambiente colaborativo constitui a base para estabelecer uma instalação de crio-ME que abrigará o novo microscópio. A operação de uma instalação de crio-ME de classe mundial terá um impacto significativo na pesquisa em biologia estrutural do Estado de São Paulo. Os casos científicos apresentados em apoio a este projeto variam de grandes complexos a pequenas proteínas, incluindo proteínas de membrana. A participação ativa da comunidade científica para tornar bem-sucedida esta instalação de crio-ME mostra que esta é uma iniciativa oportuna e que o Brasil e a América Latina devem participar da "revolução de resolução" da crio-ME que a Biologia Estrutural vem atualmente experimentando. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.