Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 11/19924-2: atualização do PPMS para Evercool-II mais peças, USD 271,932.00

Processo: 17/20989-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de dezembro de 2017 - 30 de novembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Carlos Rettori
Beneficiário:Carlos Rettori
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa. Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/19924-2 - Estudo e desenvolvimento de novos materiais avançados: eletrônicos, magnéticos e nanoestruturados: uma abordagem interdisciplinar, AP.TEM
Assunto(s):Materiais nanoestruturados  Desenvolvimento de novos materiais  Equipamentos multiusuários 
As informações de acesso ao Equipamento Multiusuário são de responsabilidade do Pesquisador responsável
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Tipo de equipamento:Caracterização e Análises de Amostras - Criogênica
Caracterização e Análises de Amostras - Alto campo magnético - Magnetos supercondutores
Fabricante: Fabricante não informado
Modelo: Modelo não informado

Resumo

Uma significativa melhora na qualidade de vida da humanidade nos últimos tempos tem sido alcançada por meio do desenvolvimento de novos materiais nas diversas áreas da ciência. O inimaginável avanço tecnológico das últimas décadas tem permitido aprimorar a engenharia da preparação e caracterização de novos materiais massivos e nanoestruturados, com a concomitante fabricação de novos produtos e dispositivos eletrônicos, magnéticos, mecânicos, biomédicos, farmacêuticos, e outros. É, portanto, de grande interesse que grupos de pesquisa nas diferentes áreas da ciência e engenharia de materiais se integrem de forma significativa para que os avanços obtidos individualmente possam ser aproveitados por outros grupos com a finalidade de desenvolvimento de novos materiais e/ou propriedades, e então transformados em novas tecnologias. A recém-criada Universidade Federal do ABC (UFABC) tem como um dos objetivos está integração entre áreas distintas de pesquisa e, dentro de uma visão multidisciplinar, tem adotado a política de que seus equipamentos de pesquisa de médio a grande porte tenham caráter multiusuário, ficando disponíveis a todos os grupos interessados. Neste contexto, vários grupos de pesquisa compõem este Projeto Temático com o intuito de desenvolver e estudar novos materiais massivos e nanoestruturados. A equipe terá como foco o desenvolvimento de pesquisas básicas, fundamentais e aplicadas desses materiais, permeando por diferentes áreas na fronteira da ciência. Os esforços estão concentrados na fabricação e compreensão dos materiais obtidos com base no know-how de cada um dos grupos envolvidos, bem como na integração e compartilhamento de seus conhecimentos para alcançar tais objetivos. Como exemplos, podemos destacar a produção de materiais massivos poli- e monocristalinos com potencial para aplicações em dispositivos termoelétricos, filmes finos de óxidos metálicos aplicados como eletrodos em dispositivos fotovoltaicos, sistemas nanoparticulados isolantes e metálicos com características paramagnéticas e magnéticas, e também materiais massivos cerâmicos com características biocompatíveis para aplicações nas modernas indústrias dedicadas à biomedicina. Além disso, esse grupo contará com suporte de uma experiente equipe com ênfase teórica dedicada a auxiliar na compreensão de resultados experimentais e novas metodologias de preparação de materiais desenvolvidas pelos grupos experimentais participantes. Por fim, o Projeto está sendo apresentado à FAPESP neste momento, como consequência da disponibilização e operacionalização bem-sucedida, ao longo de 2011, de praticamente todos os espaços laboratoriais e facilidades multi-usuárias contempladas pela UFABC desde a sua implantação. Para a execução do Projeto a Instituição oferece como contra-partida toda uma infraestrutura com caráter multiusuário, que contempla equipamentos básicos de médio a grande porte de Raios X, EPR, PPMS, VSM, Raman e IR, entre outros. Cada grupo conta ainda com espaços laboratoriais de pesquisa adequados, com infraestrutura básica para o desenvolvimento dos seus materiais que serão estudados durante a execução deste Projeto Temático. (AU)