Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de um sistema de fixação para placas cerâmicas de grandes formatos em fachadas

Processo: 16/21925-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de março de 2018 - 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Construção Civil
Pesquisador responsável:Fabiana Andrade Ribeiro
Beneficiário:Fabiana Andrade Ribeiro
Empresa:FCH Consultoria e Projetos de Engenharia Ltda
Município: São Paulo
Pesquisadores principais:Kelly Paiva Inouye
Bolsa(s) vinculada(s):18/05113-1 - Estudo de métodos de aplicação e avaliação dos sistemas de revestimento placas cerâmicas de grandes formatos em fachadas, BP.TT
18/01249-6 - Desenvolvimento de um sistema de fixação para placas cerâmicas de grandes formatos em fachadas, BP.PIPE
Assunto(s):Racionalização da construção  Sistemas e processos construtivos  Inovações tecnológicas  Materiais de construção  Materiais cerâmicos  Revestimento de fachadas  Fachadas 

Resumo

Esta proposta objetiva estudar e avaliar a fixação de placas cerâmicas de grandes formatos em fachadas, nos sistemas aderido e não aderido, a fim de estabelecer diretrizes de projetos; propor métodos de avaliação; criar um modelo para desenvolvimento de projeto executivo e desenvolver um sistema de fixação economicamente viável.Os sistemas ora existentes no mercado são, em geral, importados e de alto custo, tendo seu uso inviabilizado e com isso, as PCGF estão sendo assentadas com argamassa colante ou com sistemas de fixação por inserts metálicos de qualidade questionável, o que é um grande risco aos usuários e transeuntes. A FCH Consultoria, especializada em consultoria e projetos de revestimentos de fachadas, vem identificando, desde sua fundação, entre outras carências técnicas do mercado nacional: a ausência de metodologias, de normas e parâmetros para se dimensionar em projeto as fachadas com PCGF. Além disso, é notória a falta de materiais de desempenho adequado e de ensaios apropriados para avaliar e controlar a qualidade, além da dificuldade da mão de obra em aceitar a forma mais segura para instalação das PCGF. Por outro lado, cada vez mais a FCH tem recebido projetos arquitetônicos com as PCGF especificadas em suas fachadas. Assim, objetiva-se desenvolver um estudo amplo, voltado tanto para projeto, como para a produção deste sistema, além da criação de documentos técnicos que possam subsidiar a criação de uma norma técnica nacional. Para alcançar os objetivos, pretende-se, investigar documentos e referências nacionais e internacionais, além de pesquisa qualitativa de obras em que se utilizaram PCGF em fachadas, a fim de verificar os métodos de assentamento utilizados e a incidência de patologias. Nesta fase, também serão buscadas informações junto aos agentes da cadeia produtiva, além da participação em eventos técnicos-científicos voltados para revestimentos cerâmicos e fachadas e, por fim, será analisada a viabilidade técnica econômica para a introdução desta nova tecnologia no mercado brasileiro da construção civil. Objetiva-se também estudar os sistemas de fixação por meio de modelagem por elementos finitos, a fim de se buscar parâmetros para dimensionamento dos sistemas aderido e não aderido. Além disso, pretende-se estudar os métodos de ensaio, buscando atendimento às normas de desempenho. Como resultados e seus impactos, espera-se ao fim da pesquisa: * Definição de um sistema de fixação de placas cerâmicas de grandes formatos (PCGF), utilizando-se de elementos disponíveis no mercado nacional ou internacional ou com necessidade específica de desenvolvimento de parte do sistema;* Definição de um modelo de projeto executivo com diretrizes para dimensionamento das fachadas com PCGF; * Que este sistema tenha parâmetros de desempenho estabelecidos a fim de que se possa controlar a qualidade da execução;* A criação de diretrizes de produção para treinamento e controle da mão de obra de assentamento;* Com o uso desse sistema de fixação, espera-se a redução dos riscos de destacamento de placas de grandes formatos das fachadas e consequentemente dos riscos aos pedestres e usuários das edificações. (AU)