Busca avançada
Ano de início
Entree

Plano Anual de Aplicação de Reserva Técnica para Infraestrutura Institucional de Pesquisa do CCTS

Resumo

O Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade - CCTS, da UFSCar, campus de Sorocaba, existe em sua configuração atual desde o ano de 2014. O Centro conta com 58 docentes e 21 técnicos administrativos, subdivididos em dois Departamentos, quatro cursos de graduação, três programas de Pós-Graduação acadêmicos e dois Programas de Pós-Graduação profissionalizantes. Entre o ano de 2014 até o mês presente, a produtividade total dos docentes foi de 446 artigos científicos. Considerando-se apenas o triênio de 2014 - 2016, em que os anos estão completos, foram produzidos 384 artigos, com uma média de 2,2 artigos por docente por ano. Embora de maneira modesta, foi possível observar um aumento de produtividade ao longo do triênio. Estes dados indicam que o desenvolvimento da pesquisa no Centro ainda se encontra em fase de consolidação, o que é evidenciado pelo fato de a produtividade ainda ser baseada principalmente em projetos de mestrado e de Iniciação Científica. Dois dos três programas de pós-graduação acadêmicos do Centro, o Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Uso de Recursos Renováveis - PPG-PUR e o Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia e Monitoramento Ambiental - PPG-BMA possuem cursos de doutorado, que tiveram início, no entanto, em 2016, de maneira que as primeiras defesas de teses dos programas do Centro ocorrerão apenas em 2018, quando então espera-se registrar um aumento significativo na produtividade do CCTS. O presente Plano de Aplicação para Infraestrutura Institucional para Pesquisa foi discutido e apreciado nos departamentos que compõem o CCTS e referendado pelo Conselho do Centro. No total foram quatro projetos regulares que juntos geraram um montante de R$28.806,58 de RTI. Os números dos processos FAPESP foram: 2015/16106-8, 2015/21229-1, 2016/10796-5 e 2016/19896-2. A decisão do CCTS priorizou a aquisição de bens e serviços vinculados às atividades de pesquisa, considerando principalmente necessidades e investimentos para os projetos com financiamento FAPESP em andamento. Além disso, todos os itens previstos beneficiarão grupos de pesquisadores que compartilham equipamentos e espaços de pesquisa. Seguramente, estes investimentos terão impacto na produtividade científica e na formação de novos pesquisadores. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)