Busca avançada
Ano de início
Entree

Seminário Internacional arte degenerada - 80 anos: repercussões no Brasil

Processo: 17/23388-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 25 de abril de 2018 - 27 de abril de 2018
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Fundamentos e Crítica das Artes
Pesquisador responsável:Helouise Lima Costa
Beneficiário:Helouise Lima Costa
Instituição-sede: Museu de Arte Contemporânea (MAC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Expressionismo  Arte moderna  História da arte  Arte degenerada 

Resumo

Programa: 25/4 - 10h/12h - Mesa 1: Arte Degenerada em contexto: Andreas Huyssen (Columbia University) - Ghosts of the Past: Nazi-Looted Art and its Legacies; Claudia Mattos Valadão (UNICAMP) - Lasar Segall : expressionismo e judaísmo na Alemanha e no Brasil; Olaf Peters (Martin-Luther-Universität Halle-Wittenberg) - From Degenerate Art to Looted Art: reflections on a historical process in nazi German. 13h30/15h30 - Mesa 2: Desdobramentos da Arte Degenerada no Brasil: Paulo Knauss (UFF) - As exposições de arte e a diplomacia brasileira no contexto da Segunda Guerra Mundial; Annateresa Fabris (ECA USP) - Os ataques à obra de Lasar Segall e a incompreensão da arte moderna no Brasil; Maria Luiza Tucci Carneiro (FFLCH-USP) - O círculo dos refugiados/artistas da Arte Degenerada no Brasil. 16h/17h30 - Sessão de Comunicações 1. 26/4 - 10h/12h - Mesa 3: Arte Degenerada: manifestações antifascistas na arte - Daniela Kern (UFRGS) -Título: Hanna Levy, Irmgard Burchard e a luta antifascista (1933-1945); Helouise Costa (MAC USP) - A Arte Condenada pelo III Reich (1945): reverberações da Arte Degenerada no Brasil; Maurício Lissovsky (UFRJ) - Antissemitismo X antifascismo: a política brasileira por meio de charges e caricaturas no período da Segunda Guerra Mundial. 13h30/15h30 - Sessão de Comunicações 2. 15h30/16h - intervalo. 16/17h30 - Sessão de Comunicações 3. 27/4 - 10h/12h - Mesa 4: A Arte Degenerada e as instituições museológicas: Meika Hoffmann (Freie Universität Berlin) - Hildebrand Gurlitt and his dealings with German museums during the Third Reich; Ana Gonçalves Magalhães (MAC USP) - A exposição Arte Degenerada e a formação de acervos de arte moderna no Brasil no pós-guerra; Jorge Schwartz (FFLCH - USP / Museu Lasar Segall) - A recuperação histórica da mostra Arte Degenerada, por meio das exposições recentes realizadas nos Estados Unidos. 16h/17h30 - Sessão de Comunicações 4. (AU)