Busca avançada
Ano de início
Entree

Brasil e Argentina: opinião pública e preferências comerciais

Processo: 16/50469-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2018 - 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Política Internacional
Convênio/Acordo: CONICET
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Janina Onuki
Beneficiário:Janina Onuki
Pesq. responsável no exterior: Diego Esteban Reynoso
Instituição no exterior: Universidad de San Andrés, Buenos Aires (UDESA), Argentina
Instituição-sede: Instituto de Relações Internacionais (IRI). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/24195-8 - Brasil e Argentina: opinião pública e preferências comerciais, AP.R
Assunto(s):Política externa  Argentina  Brasil  Relações internacionais  Comércio bilateral  Opinião pública  Cooperação internacional  Mercosul 

Resumo

O objetivo da presente pesquisa é compreender as preferências da opinião pública argentina e brasileira no que diz respeito às relações comerciais de ambos os países no âmbito do MERCOSUL. De um lado buscamos analisar se as preferências são estáveis e coerentes ou se variam conforme o priming outorgado à relação comercial bilateral. De outro lado, pretende-se compreender a percepção da opinião pública a respeito da integração econômica entre Brasil e Argentina em função de variáveis como orientação ideológica, grau de apoio ao governo, setor de atuação profissional, idade, gênero, renda, região de residência, conhecimento político e percepção da relevância do país no cenário internacional. Para tanto, aplicaremos dois surveys experimentais online com amostras de abrangência nacional em cada país, cada uma composta por 1.200 participantes. Em consonância com a literatura de economia política internacional e formação de preferências comerciais, acreditamos que o efeito dos tratamentos irá variar de acordo com características socioeconômicas, assim como preferências políticas dos participantes. A proposta apresentada neste Edital FAPESP/Sprint permitirá um maior intercâmbio entre os pesquisadores da USP e da Universidad de San Andrés, Argentina, analisando os resultados dos surveys e publicando artigos em parceria. Tal intercâmbio também será importante para o desenvolvimento de outros projetos conjuntos, envolvendo estudantes de pós-graduação dos dois países. (AU)