Busca avançada
Ano de início
Entree

Os efeitos de intervenções psicossociais e sintomas neuropsiquiátricos no funcionamento social e nas redes neurais em crianças, adolescentes e jovens brasileiros

Processo: 17/17718-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 26 de fevereiro de 2018 - 25 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Eurípedes Constantino Miguel Filho
Beneficiário:Eurípedes Constantino Miguel Filho
Pesquisador visitante: Elizabeth Shephard
Inst. do pesquisador visitante: King's College London, Inglaterra
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50917-0 - INCT 2014: psiquiatria do desenvolvimento para crianças e adolescentes, AP.TEM
Assunto(s):Neurociência cognitiva  Desenvolvimento infantil  Transtorno do deficit de atenção com hiperatividade  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

A proposta apoiará as atividades de pesquisa da Dra. Elizabeth Shephard, do Instituto de Psiquiatria, Psicologia e Neurociências do King's College London. As atividades serão realizadas no Departamento de Psiquiatria da USP com o professor Eurípedes Constantino Miguel. Dra. Shephard tem experiência em neurociência cognitiva nos estudos de mecanismos neurais e cognitivos envolvidos em transtornos do desenvolvimento e no mapeamento de risco para transtornos do neurodesenvolvimento a partir de estudos longitudinais com crianças em risco familiar ou genético. Durante os 12 meses da visita ela analisará dados de projetos financiados pela FAPESP, incluindo estudos abrigados pelo Instituto Nacional de Psiquiatria do Desenvolvimento (INDP-II), aplicando suas técnicas para abordar três questões relacionadas ao desenvolvimento neurológico em bebês, crianças e jovens brasileiros: 1) Quais fatores cognitivos interferem a relação entre exposição à violência familiar e conflito e o funcionamento social de crianças? 2) Como a trajetória de desenvolvimento dos marcadores de risco neurocognitivos infantis para transtorno de déficit de atenção e hiperatividade pode ser influenciada pelas questões socioeconômica e pela intervenção parental? 3) As anormalidades no desenvolvimento neural e na hiperconectividade podem explicar alguns dos sintomas do transtorno obsessivo-compulsivo? A visita da Dra. Shephard está em consonância com um dos principais objetivos do Departamento de Psiquiatria da USP e do INDP-II que visa aumentar a internacionalização da pesquisa em psiquiatria do desenvolvimento em São Paulo por meio de intercâmbio e interação com pesquisadores de instituições líderes em todo o mundo. Além de fornecer apoio analítico aos projetos de pesquisa, ela promoverá palestras e workshops, incluindo disciplina de pós-graduação, sobre o uso de neurofisiologia para entender transtornos neuropsiquiátricos, e participará das atividades do Programa de Transtornos Obsessivo-Compulsivo (PROTOC), auxiliando no desenvolvimento de novas propostas de pesquisa. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.