Busca avançada
Ano de início
Entree

Entre a estrutura institucional e o diálogo externo: percursos de racionalização em organizações cristãs

Processo: 17/18687-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2018 - 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:André Ricardo de Souza
Beneficiário:André Ricardo de Souza
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/06518-5 - Acompanhamento da racionalização voltada para fora das organizações, BP.TT
18/06542-3 - Organizações cristas, racionalização, diálogo inter-religioso, trabalho voluntário, ONGs, captação de recursos, BP.TT
Assunto(s):Sociologia da religião 

Resumo

Este projeto dá sequência e aprofunda investigação feita anteriormente com apoio da FAPESP sobre feições cristãs brasileiras, abrangendo catolicismo, protestantismo e também espiritismo kardecista, dada a materialização do princípio cristão da caridade que os espíritas promovem. Desta vez, a pesquisa se volta especificamente para o processo de racionalização em determinadas organizações cristãs, algo que tem, basicamente, duas direções diferentes e, portanto, reúne dois grupos distintos de organizações a serem investigadas. O primeiro é da racionalização voltada para dentro, no sentido da estruturação institucional e crescente profissionalização ou burocratização. Já o segundo é voltado para fora, visando interlocução da organização com outras mais, inclusive de identidades religiosas diferentes e também com o poder público em prol de direitos cidadãos. Paralelamente à análise de tal processo nesses dois conjuntos, será feita também, embora sem o mesmo grau de aprofundamento, a abordagem da racionalização que leva pessoas movidas por valores cristãos a fundar e desenvolver organizações assistenciais laicas, de modo que será abordado um caso desse tipo. Como esta pesquisa contempla aspectos econômicos quanto à captação e gestão de recursos por parte das organizações religiosas em foco, ela acaba por dar prosseguimento também à linha investigativa do projeto anterior, qual seja: a relação entre religião e economia. A pesquisa proposta, evidentemente, tem acentuada referência weberiana. (AU)