Busca avançada
Ano de início
Entree

Exposição aos poluentes atmosféricos pelos usuários do sistema de transportes em São Paulo e a mitigação de seu impacto

Processo: 18/00398-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 16 de agosto de 2018 - 30 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Maria de Fátima Andrade
Beneficiário:Maria de Fátima Andrade
Pesquisador visitante: Prashant Kumar
Inst. do pesquisador visitante: University of Surrey, Inglaterra
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/50128-9 - Astrid - accessibility, social justice and transport emission impacts of transit-oriented development strategies, AP.TEM
Assunto(s):Poluição do ar  Poluição atmosférica  Material particulado  Transporte rodoviário 

Resumo

Os cidadãos (pedestres, ciclistas e usuários do transporte) nas grandes cidades estão expostos a altas concentrações de poluentes resultado das emissões pelo sistema de transporte, devido à proximidade com veículos rodoviários. Vários estudos epidemiológicos relacionam à exposição ao material particulado (MP), incluindo o Black Carbon (BC), com mortalidade e morbidade causadas por doenças cardiovasculares, respiratórias e neurodegenerativas. Como parte deste projeto, iremos analisar os diversos dados já coletados nos projetos financiados pela FAPESP: ASTRID (Accessibility, Social justice and Transport emission Impacts of transit-oriented Development strategies, processo FAPESP número 2015/50128-9), e PEDALS (Particles and Black Carbon Exposure to London and Sao Paulo Bike-Lane Users, processo FAPESP número 2016/50470-1). Esta visita pretende reunir os dois grupos: da USP (liderados pelo Prof. Maria de Fátima Andrade) e Surrey (liderados pelo Prof. Prashant Kumar) para abordar uma das maiores ameaças para o bem estar humano atualmente - exposição à poluição do ar. Realizaremos as seguintes atividades durante a visita: (i) identificar pontos críticos de poluição para estabelecer a variação das microescalas de exposição humana para avaliar os impactos na saúde, analisando os dados coletados nos projetos ASTRID e PEDALS para a preparação de publicações conjuntas; (ii) ministrar dois cursos curtos (2 × 2h) para estudantes de mestrado/doutorado na área de ciência ambiental relacionados à ciência da exposição e um seminário de pesquisa aberto a todos os pesquisadores do Departamento de Ciências Atmosféricas; e (iii) promover a mobilidade/intercâmbio de estudantes e pesquisadores e desenvolver novas ideias de pesquisa para propostas e publicações conjuntas e estabelecer uma plataforma de longo prazo para futuras atividades colaborativas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.