Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de novas substâncias para irrigação de canais radiculares e de cimentos endodônticos à base de silicato de cálcio

Processo: 17/14305-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2018 - 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Juliane Maria Guerreiro Tanomaru
Beneficiário:Juliane Maria Guerreiro Tanomaru
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Pesq. associados:Mario Tanomaru Filho
Assunto(s):Materiais  Hipoclorito de sódio 

Resumo

Substâncias químicas são estudadas como alternativa ou em associação ao uso do hipoclorito de sódio (NaOCl), com o objetivo de promover limpeza e desinfecção do sistema de canais radiculares (SCR). Silicato de cálcio (SC) representa a perspectiva atual para o desenvolvimento de novos cimentos endodônticos. Este projeto visa o estudo de novas soluções irrigadoras e desenvolvimento de novas propostas de cimentos endodônticos à base de silicato de cálcio (SC). Subprojeto 1- visa avaliar as soluções de hipoclorito de cálcio (Ca(OCl)2) e hidrocloreto de octenidina (OCT) com relação à capacidade de dissolução de tecido orgânico, citotoxicidade, atividade antimicrobiana e sobre endotoxinas (LPS-lipopolissacarídeos),comprovada pela dosagem do potencial antigênico do LPS por meio da análise de citocinas inflamatórias (IL-1, IL-6 e TNF-±) em cultura de células de camundongos.Subprojeto 2- visa o desenvolvimento de cimento experimental à base de silicato tricálcico, silicato dicálcico e fosfato de cálcio, manipulados com diferentes veículos. Estes materiais serão submetidos aos testes físico-químicos, e os cimentos que apresentarem melhores resultados serão comparados aos cimentos TotalFill BC Sealer (TFBC) e AH Plus (AHP) por testes convencionais e alteração volumétrica em Micro CT, além da atividade antimicrobiana. O cimento experimental (CE) com melhor resultado e o cimento TFBC serão avaliados sem ou com associação à substância selecionada no subprojeto 1 por meio de testes físico-químicos, antimicrobianos, de citotoxicidade e bioatividade celular. Será avaliada a biocompatibilidade e bioatividade in vivo por meio da análise em subcutâneo de ratos. Será selecionado o CE que apresente os melhores resultados.Subprojeto 3- visa avaliar escoamento, preenchimento e penetrabilidade dos cimentos: CE (selecionado no subprojeto 2), TFBC e Neo MTA Plus (NMTAP), comparados ao cimento AHP. O escoamento será avaliado segundo norma ISO 6876, e avaliação adicional em microtomografia computadorizada (Micro-CT). A capacidade de preenchimento será avaliada por meio da análise em Micro-CT. Para avaliar a penetrabilidade dos cimentos no interior dos túbulos dentinários serão utilizados dentes bovinos preparados e obturados com os cimentos manipulados com rodamida B para análise em microscópio confocal de varredura a laser (MCVL). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZORDAN-BRONZEL, C. L.; TANOMARU-FILHO, M.; RODRIGUES, E. M.; CHAVEZ-ANDRADE, G. M.; FARIA, G.; GUERREIRO-TANOMARU, J. M. Cytocompatibility, bioactive potential and antimicrobial activity of an experimental calcium silicate-based endodontic sealer. International Endodontic Journal, v. 52, n. 7, p. 979-986, JUL 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.