Busca avançada
Ano de início
Entree

Lexicografia pedagógica bilíngue português-espanhol: avaliação do protótipo do dicionário para aprendizes brasileiros e propostas de adequação para o suporte eletrônico

Processo: 17/25611-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 25 de março de 2018 - 13 de abril de 2018
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Aplicada
Pesquisador responsável:Odair Luiz Nadin da Silva
Beneficiário:Odair Luiz Nadin da Silva
Pesquisador visitante: María Teresa Fuentes Morán
Inst. do pesquisador visitante: Universidad de Salamanca (USAL), Espanha
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Lexicografia  Aprendizagem de língua estrangeira  Língua espanhola  Dicionários bilíngues  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

A presente proposta visa dar continuidade ao projeto "Lexicografia Pedagógica Bilíngue: elaboração de um protótipo de dicionário português-espanhol para a produção de textos" (Processo FAPESP 2013/26809-0) a fim de estudar formas de estruturação de dicionários eletrônicos para a adequação ao suporte on-line do protótipo desenvolvido. A Lexicografia, ciência e técnica de elaboração e estudo de dicionários passou, ao longo de sua história, por inúmeras (r)evoluções no sentido de tornar o dicionário, além de sua característica própria de repertório de dados léxicos, cada vez mais útil ao usuário. No século XX, por exemplo, o perfil prototípico do possível usuário se tornou um dos aspectos que passou a diferenciar os princípios teórico-metodológicos para a elaboração de dicionários. Desde aquela época, inovações ocorreram com relação às estruturas dos dicionários monolíngues e bilíngues, com o surgimento de dicionários para aprendizes, pedagógicos entre outros inúmeros tipos de obras lexicográficas. No final do século XX, com o advento das tecnologias da informação e comunicação (TICs), da internet e da Linguística de Corpus, novamente a Lexicografia passa por transformações. Atualmente, há que se pensar em formas de proporcionar cada vez mais informações a cada vez mais tipos de usuários. Isso traz à Lexicografia outra (r)evolução: uma (r)evolução teórica, metodológica e tecnológica. Desse modo, procederemos à análise crítica de uma amostra de dicionários eletrônicos monolíngue de espanhol e bilíngues português-espanhol para propor formas de estruturação e de representação da informação léxica para um dicionário pedagógico bilíngue português-espanhol específico para falantes de português como língua materna, aprendizes de espanhol. (AU)